Penha de volta ao topo nos Jogos dos Trabalhadores

O script dos Jogos dos Trabalhadores caminhou para um desfecho em preto e amarelo. O palco do encerramento, a única banda do festival de música e a campeã carregam um dos nomes originais de Itapira (chamada como Vila da Penha do Rio do Peixe no século XIX). A Penha Papel e Papelão terminou a competição na primeira posição e celebrou na quarta-feira (25) o título no anfiteatro do Grêmio da Penha.

Tudo bem que, por pouco, o local não sediou a festa. O título antecipado resultou na desistência das bandas concorrentes e a Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) chegou a alterar o palco da cerimônia. O encerramento aconteceria logo após as decisões do vôlei, porém, retornaram ao cenário original. A celebração reuniu diretores e competidores.

O título da Penha foi conquistado após a empresa encerrar a classificação geral com 188 pontos. Foram apenas quatro de vantagem em relação ao Laboratório Cristália, vice-campeão. A Cargill Alimentos concluiu a participação na terceira posição, com 111 pontos e a Estrela ficou com 108. As últimas definições aconteceram no voleibol.

Leia mais sobre este assunto na edição desta sexta-feira, 27, do Grande Jogada.

Next Post

O melhor do Brasil no tênis de mesa

sex maio 27 , 2016
  Faltam 104 dias para os Jogos Paralímpicos. A frase com estilo de vinheta amplia a ansiedade de quem estará envolvido com o evento que dá sequência ao espírito de competição das Olimpíadas. A realização em solo brasileiro torna o clima ainda maior e faz com que os participantes com […]