Copa Itapira: CDJD indefere recurso do Valencia

Lucas Valério | Fotos: Léo Santos

O caso ainda gera muita controvérsia, porém, perante a Comissão Disciplinar de Justiça Desportiva da Copa Itapira de Futebol Amador, não há outro veredicto. O Valencia não terá a chance de continuar o jogo com o Expresso Botafogo. O confronto foi paralisado no intervalo, no domingo (3), devido à falta de carteirinhas dos atletas do atual campeão da Primeira Divisão. O Valencia alegou o extravio dos documentos, mas a Comissão Organizadora entendeu que a equipe não atendeu um dos itens do regulamento e devido à falta das carteirinhas dos atletas, o confronto foi encerrado com 45 minutos.

O Expresso Botafogo foi declarado vencedor por 3 a 0 e o Valencia perdeu a chance de se aproximar dos líderes. Após o ‘meio WO’, o Valencia impetrou um recurso junto ao CDJD, que se reuniu na noite desta quinta-feira (7). O órgão decidiu pela manutenção da decisão proferida pela Comissão Organizadora. Um declaração a respeito do tema será publicado pelo CDJD na segunda-feira (11). No domingo (10), o Valencia enfrenta o Botafogo e com três pontos ainda corre o risco de rebaixamento. Todas as informações sobre a rodada da Primeira Divisão, além da situação na Segundona e na Terceirinha também podem ser lidos na versão impressa do jornal Grande Jogada.

JULGAMENTO 

Além do recurso do Valencia, outros 24 casos foram apreciados pelo CDJD. Confira abaixo os veredictos: 

Leandro Silva Araújo (técnico Paulistano) – 1 jogo de suspensão

Jefferson Fernando dos Santos (Fantásticos) – 1 jogo de suspensão

Emerson Ferreira Viana (Deportivo) – 1 jogo de suspensão

Lucivaldo S. Santos (massagista Unidos da Bahia) – 1 jogo de suspensão

Felipe Augusto Carvalho (Unidos F5) – 1 jogo de suspensão

Juliano Joaquim da Silva (União VBE) – 1 jogo de suspensão

Marcos José Lago (BFC União) – 1 jogo de suspensão

Bruno Rafael Bento (Estrela do Norte) – 1 jogo de suspensão

Lucivan Juvenal da Silva (Águas Claras)- 2 jogos de suspensão

Ednei Dias Pedro (Liverpool) – 2 jogos de suspensão

Tiago do Amaral (Unidos F5)- 2 jogos de suspensão

Bruno Welington de Oliveira (Roma) – 4 jogos de suspensão

Gelson Oliveira Santos (Machadinho) – 1 jogo de suspensão

Jonathan dos Santos (Deportivo) – 1 jogo de suspensão

David Rafael Carpanelli (Córrego do Coxo) – 6 jogos de suspensão

Mauro Fleury de Toledo Filho (Córrego do Coxo) – 4 jogos de suspensão

Islan Braz (BFC) – 1 jogo de suspensão

José Guilherme dos Santos Cavalari (Casa Amarela) – 2 jogos de suspensão

Genílson Ribeiro de Jesus (Águas Claras) – 2 jogos de suspensão

Cléber Balbieri (Guarani) – 1 jogo de suspensão

Carlos Alberto de Souza (Real) – 1 jogo de suspensão

Leonardo Carvalho de Oliveira (Ajax) – 2 jogos de suspensão

Jean Lucas da Silva (Fúria Jovem) – 2 jogo de suspensão

Sueli Colferai dos Santos (Massagista Olimpikus) – 1 jogo de suspensão

Recurso

Jhony Miguel dos Santos (Expresso Botafogo) – pena mantida