Um guaçuano na Hungria…

Começar pela escolinha do município, jogar num grande clube do país, vestir a camisa da seleção brasileira e atuar na Europa. Além, é claro, de conquistar títulos. A trajetória de Rodolfo Malandrim de Oliveira simboliza o sonho de todo esportista que sonha seguir carreira e fazer sucesso no esporte.

Rodolfo iniciou sua carreira no handebol aos 10 anos, quando ingressou nas escolinhas da Secretaria de Esportes e Turismo de Mogi Guaçu, com a professora Luciene Sporta. Destaque da equipe guaçuana, elechamou a atenção de outros clubes. Jogou um ano em Nova Odessa, mais uma temporada em São José dos Campos até chegar no Esporte Clube Pinheiros, um dos maiores e mais tradicionais do país.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira, 15, do Grande Jogada.

Next Post

Mogi volta a Caxias para fechar o turno no topo

sex jul 15 , 2016
No domingo (17), a partir das 15h30, o Mogi Mirim enfrenta o Juventude. A missão é se manter entre os quatro primeiros colocados. Em caso de vitória e tropeço do Guarani, o Sapo ainda poderá encerrar a participação na liderança isolada do Grupo 2. O palco de mais uma batalha […]