MARATONA ATÉ TÓQUIO

Os Jogos Olímpicos estão na retina do torcedor brasileiro. A festa protagonizada no Rio de Janeiro já deixou saudades em muita gente. Para outros, a ‘Olimpíada à brasileira’ nada mais foi do que uma injeção de motivação para pegar o ‘Expresso do Oriente’ e partir para Tóquio. Em 2020, a maior competição esportiva do planeta será sediada pelo Japão e um mogimiriano quer estar lá.

Matheus Henrique Bertazzoli de Souza tem 21 anos e foi criado pela Free Play de Mogi Mirim. Por anos participou de competições em piscinas até que, em 2012, um comentário do técnico Ricardo Cintra ficou impregnado em sua mente. “Ele me disse para fazer maratona porque eu podia me dar melhor no mar do que nas piscinas. Isso ficou na minha cabeça e eu sempre quis tentar”.

Ricardo Cintra. Maratona. Palavras e nome que entraram em evidência nos últimos dias, certo? Falta um, Poliana. Há um ano e meio Matheus resolveu encarar o desafio, passou a ser treinado por Cintra, parceiro de Poliana Okimoto e a defender o Clube Espéria, em São Paulo, em provas de maratona aquática.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira, 26, do GRANDE JOGADA.

Next Post

CLÁSSICO DOS VELHOS TEMPOS

sex ago 26 , 2016
Cubatão e Vila Ilze são dois dos mais tradicionais bairros de Itapira. Estão localizados em uma área próxima e antiga, em que muitos moradores residem em suas casas há décadas. As ruas apertadas também remetem à realidade urbanística de outros tempos. Velhos tempos. A nostalgia que a menção a estes […]