Mogi Guaçu no top 8 dos Jogos Abertos do Interior

Mogi Guaçu participou no período de 18 a 24 de setembro, dos 80º Jogos Abertos do Interior, que foram disputados em São Bernardo do Campo. E seu melhor resultado no Grande ABC paulista veio no xadrez. A equipe guaçuana terminou na sétima colocação na disputa da 2ª Divisão. Os dois pontos conquistados pelos enxadristas foram os únicos de Mogi Guaçu na classificação geral, terminando, desta forma, em 90º lugar.

Os Jogos Abertos do Interior de São Bernardo do Campo reuniram atletas de mais de 200 municípios de todo o Estado de São Paulo. E a equipe de xadrez de Mogi Guaçu, que conquistou a vaga para a competição por ter sido campeão invicta da 1ª Divisão dos Jogos Regionais de Americana, desafiou os enxadristas mais fortes do Brasil, como a lenda Mequinho, o mais atleta brasileiro de xadrez de todos os tempos. E muitos vêm até do exterior.

A equipe composta por Nestor Amâncio, Flávio Novais Barbosa, Leonardo Cesarini e Wendel Assis participou da 2ª divisão dos JAI, a qual foi composta por 17 equipes que se classificaram nas oito regiões do Estado de São Paulo.

Na primeira das sete rodadas, Mogi Guaçu enfrentou Registro, considerada a terceira equipe mais forte dos jogos, e venceu pelo placar de 2,5 a 1,5 (2 vitórias, 1 empate e 1 derrota). No dia seguinte, venceu a equipe de Itararé por 4 a 0 (4 vitórias), vitória que deixou Mogi Guaçu em 2º lugar na classificação parcial.

No dia seguinte, enfrentou a equipe de Bariri, match que só foi definido nos últimos segundos das três horas possíveis de jogo. Vitória de Bariri por 3 a 1 (3 vitórias e 1 derrota). Na quarta rodada, a equipe guaçuana obteve uma excelente vitória por 3,5 a 0,5 (3 vitórias e 1 empate) frente a São Carlos, o que colocou Mogi Guaçu em terceiro lugar na classificação parcial.

Na quinta rodada, Mogi Guaçu enfrentou a fortíssima e candidata ao título Taubaté e conquistou um excelente empate por 2 a 2 (1 vitória, 2 empates e 1 derrota) e caiu para a 5ª posição. Na penúltima rodada, enfrentou a campeã Santo André e perdeu, pela primeira vez em vários anos, por 4 a 0 (4 derrotas). Na última rodada, sem chance de conquistar medalhas, venceu Caraguatatuba por 3 a 1 (3 vitórias e 1 derrota) e fechou sua participação na honrosa sétima colocação.

MODALIDADES

Além do xadrez, Mogi Guaçu também competiu no atletismo feminino e na bocha. No atletismo, ficou na 12ª colocação com 13 pontos. Pontuação obtida pelo quarto lugar de Larissa Roberta Macena no salto em distância; o quinto lugar de Lauana Alves dos Santos, no salto triplo; e o sétimo lugar de Larissa Serafim de Souza, no heptatlo. Na bocha, a equipe guaçuana foi eliminada ainda na fase de grupos.

O município tinha a vaga para competir no taekwondo feminino individual, mas, a atleta Letícia Vente, campeã dos Jogos Regionais, não pode seguir para São Bernardo por conta de uma lesão. Assim, Mogi Guaçu abriu mão da disputa.