O MEIO AMBIENTE NO ALTO DO PÓDIO

Mais um ano está perto do fim. Para muitas equipes ou atletas, a temporada de competições já está concluída. No caso de Mirlene Picin, encerrar as disputas não significa parar. A mogimiriana, que se divide entre provas de corridas rústicas (como em montanhas), radicais (foi vice-campeã Sulamericana no Rollerski) e esportes de neve, já se prepara para mais uma série de lutas por pódios em 2017.
A atleta faz pré-temporada na Europa, em um dos períodos mais importantes para as competições em neve, já que é justamente neste período do ano que o hemisfério norte registra as temperaturas mais baixas. Enquanto o clima no Velho Continente está bom para esquiadores e biatletas, no Brasil é uma hora boa para o plantio de árvores.
É justamente quando as competições se encerram que Mirlene cumpre a iniciativa de relacionar o esporte ao meio ambiente. Desde o ano passado a atleta é protagonista do Pódio Verde. A campanha é feita em parceria com a empresa Visafértil de Mogi Mirim e, a cada pódio registrado pela mogimiriana, um determinado número de mudas de árvores são plantadas.
Neste ano, 270 mudas foram contabilizadas e o plantio já foi iniciado nas cidades de Mogi Mirim e Benedito Novo (SC).
Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira, 02, do GRANDE JOGADA.

Next Post

Clube Mogiano inicia luta por vaga na final do Paulista

qui dez 1 , 2016
O Clube Mogiano viaja até São Bernardo do Campo neste final de semana. A equipe de handebol feminino disputará a primeira partida da semifinal da categoria infantil no Campeonato Paulista da modalidade. O duelo contra a Metodista será às 11h00 deste sábado (3), no ginásio do Baetão. O jogo de […]