Mesmo sem técnico, elenco recebe três reforços para 2017

A preparação para 2017 tem causado preocupação ao torcedor do Mogi Mirim. O clube ainda não confirmou qual será o treinador no ano que vem. Waldemar Lemos, que estava com negociações avançadas, fechou com o River Plate-PI. O clube tem esbarrado em acordos salariais e não tem previsão de anúncio.

Esta é a única posição vaga, já que a comissão permanente está mantida, com profissionais na preparação física, massagista e roupeiro, por exemplo. Mesmo sem um comandante, o grupo começa a ser montado. O lateral-direito Rodrigo (ex-Batatais), o lateral esquerdo Rodrigues e o atacante Deizinho (ex-Central-PE) estão próximos de serem confirmados como reforços para o ano que vem.

Os jogadores chegaram ao estádio Vail Chaves nesta semana e começaram a passar pelos procedimentos padrões antes da assinatura do contrato. Do trio, o principal destaque é Rodrigues. O jogador de 30 anos teve várias passagens pelo Duque de Caxias, assim como inúmeros reforços trazidos por Luiz Henrique de Oliveira desde o ano passado.

Ele passou por várias equipes do Rio de Janeiro e em 2012 ganhou destaque após marcar um gol de falta, contra o Flamengo, que relembrou o marcado por Ronaldinho Gaúcho pelo Brasil, contra a Inglaterra, no Mundial de 2002. Em 2014, mais uma vez pelo Duque, Rodrigues fez um gol olímpico contra o Flamengo, no Maracanã. Meses depois se transferiu para o Goztepe, da Turquia. Seu último clube foi o Audax do Rio de Janeiro.

Foto:Pedro Martins/Agência Estado

Next Post

Torneio beneficente de vôlei: solidariedade em quadra

qua dez 7 , 2016
A Quadra de Areia Marco Antonio Turato, no Complexo Esportivo João Momesso, no bairro dos Prados, foi o palco do Torneio Beneficente de Vôlei de Praia, que reuniu 14 duplas masculinas e femininas, nos dias 3 e 4 de dezembro. Na primeira fase, os jogos foram disputados em set único […]