Atacante Wellington Nem é apresentado pelo São Paulo

Primeiro reforço do Tricolor para a temporada 2017, o atacante Wellington Nem foi apresentado nesta quarta-feira (7) no Centro de Treinamento da Barra Funda e recebeu a camisa do clube das mãos do diretor executivo Marco Aurélio Cunha. O dirigente deu as boas-vindas ao reforço e abriu a coletiva de imprensa com elogios ao atleta, que tinha propostas de outras equipes, mas manteve a sua palavra e assinou o contrato de empréstimo com o São Paulo.

“Quero ressaltar a lealdade do Wellington Nem na negociação. Quando o mercado descobre, sempre entra alguém tentando interferir. Em nenhum momento ele vacilou, no momento mais importante ele disse que o compromisso dele era com o São Paulo. Foi fundamental a forma como ele nos recebeu e sua condução impecável”, afirmou Marco Aurélio Cunha.

Revelado nas categorias de base do Fluminense, Wellington Nem se destacou no clube carioca e em 2013 seguiu para o futebol europeu: defendeu o Shakhtar Donetsk-UCR. “Hoje, sou um homem mais experiente, tenho um filho, uma família e responsabilidade. No Fluminense, eu era mais moleque. Agora é uma responsabilidade muito grande, ainda mais vestindo a camisa do São Paulo, um clube que ganhou tudo. Como jogador, é o Wellington do Fluminense, do Figueirense, do Shakhtar, de ir pra dentro, tentar a jogada, tentar o máximo sair com a vitória e se doar para o time”, afirmou.

Durante o bate-papo com os jornalistas, o atacante também projetou a nova parceria com o técnico Rogério Ceni, que a partir da pré-temporada do próximo ano começará a sua trajetória no comando da equipe são-paulina. “A contratação dele foi a melhor escolha que o São Paulo fez, é o maior ídolo do clube. Se tivermos a metade dos títulos dele, estaremos felizes (risos). Todo mundo está muito feliz com a chegada do Rogério Ceni, que é um ídolo do clube. Estaremos todos juntos com ele em seu primeiro trabalho”, avaliou o atleta, que emendou.

“O Rogério virá do jeito que era: dando o máximo nos treinos, se dedicando nos jogos, e querendo sempre ganhar títulos”, acrescentou o jogador, que também falou sobre a negociação com o clube após receber diversas propostas. “O São Paulo me procurou há um ano e meio, eu tinha falado que sim. É um clube grande, que entra para ganhar tudo, é isso que eu quero: voltar ao Brasil e ganhar todos os títulos possíveis com a camisa do São Paulo”, finalizou.

Foto: Rubens Chiri

Next Post

Gabriel Jesus se despede do Palmeiras e vira sócio-torcedor

qua dez 7 , 2016
Um dia depois de o técnico Cuca falar sobre a sua saída do Palmeiras, chegou a vez do atacante Gabriel Jesus fazer o mesmo e se despedir do Verdão. Nesta quarta-feira (07), na Academia de Futebol, o camisa 33 conversou pela última vez com os jornalistas antes de tirar férias […]