Emagrecimento, hipertrofia e consumo de álcool

Elaine Cristina Navarro*

Você já parou para pensar que aquela sua cervejinha de final de semana está boicotando seus resultados? Seja no emagrecimento ou no ganho de massa muscular, conhecido também como hipertrofia muscular, o álcool é sempre prejudicial.

Consumir bebidas alcoólicas com frequência ou não atrapalham o crescimento muscular, a perda de gordura corporal, causa dependência e trás diversos prejuízos à saúde. É importante ressaltar que o álcool é sim um tipo de droga, lícita, mas é! Ela pode alterar o funcionamento físico e psíquico do indivíduo e assim causar dependência. Além do que, pra quem pretende ganhar massa muscular, ela tem um impacto muito negativo na síntese protéica, que é o processo onde os aminoácidos são unidos para formar proteínas e proteínas são essenciais para construção de músculos. E ainda, causa uma diminuição da testosterona, que é um hormônio muito importante para o ganho de massa muscular.

Para o emagrecimento, o impacto é no consumo excessivo de calorias. Por ser líquida e de fácil ingestão, você perde o controle quando está bebendo, consumindo assim demasiadamente calorias, acumulando gordura e ainda fazendo com que não tenha queima de gordura corporal. No geral, bebidas alcoólicas causam um esgotamento de vitaminas e minerais do nosso corpo e ainda causa desidratação, pois os rins precisam trabalhar muito mais para filtrar todas as impurezas do que foi ingerido e, estando desidratado, naturalmente atrapalhará o ganho de massa magra, já que nossos músculos são formados de pelo menos 70% de água. Sem contar na alteração do ciclo do sono, apesar de adormecer rapidamente, você não terá um sono profundo e reparador se estiver embriagado. O consumo de bebidas fará com que você levante mais vezes para ir ao banheiro e o que afetará a qualidade do seu sono e isso não é uma boa ideia quando falamos de hipertrofia muscular ou até mesmo em emagrecimento, pois são nos estágios mais profundos do sono que produzimos hormônios anabólicos como o GH, que é tão importante para a construção de um corpo em forma.

Ter uma vida social é muito importante, divertir-se, socializar com as pessoas é essencial, mas se você realmente pretende ganhar músculos ou emagrecer, definitivamente deve moderar ou eliminar o consumo de álcool da sua vida. Beber ocasionalmente não é um problema, mas se o consumo passar a ser regular, isso pode prejudicar seu objetivo. O ideal para quem bebe ocasionalmente é alimentar-se e consumir muita água, intercalando com o consumo moderado de álcool, pois mantendo o corpo sempre hidratado, os efeitos do álcool serão menores. Consumir alimentos saudáveis, ricos em proteínas, vitaminas e minerais também é essencial para minimizar esses efeitos.

*Elaine Cristina Navarro é estudante de pedagogia e tem uma página de motivação ao emagrecimento saudável