PROTESTO É A PALAVRA DA VEZ

Sábado, 8 de abril de 2017. A partir das 9h00, um grupo de torcedores do Mogi Mirim irá promover um protesto na frente do estádio Vail Chaves. A intenção é promover um ato pacífico, mas que atinja um objetivo: mostrar à diretoria toda a insatisfação pela condução atual do clube.

Na lista de reclamações estão temas como ações trabalhistas, ameaças de funcionários e diretores com a torcida, seguidos rebaixamentos, veto na entrada de menores no estádio, W.O da base (em 2016) e corte de energia. O protesto é organizado à parte do movimento SOS, que tem brigado, na Justiça, contra ações tomadas pela diretoria.

O protesto ocorre em meio a um momento turbulento do clube. Nos últimos dias, a diretoria disparou acusações de suborno e tentativa de sabotagem (leia mais nesta página). Em campo, o time segue na luta contra o rebaixamento. Após reagir com o triunfo de 3 a 1 sobre o Batatais, no dia 29 de março, o Sapo voltou a perder, com a derrota por 2 a 0 diante do Votuporanguense, no sábado (1º).

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira, 7, do GRANDE JOGADA.

Next Post

Dois jogos movimentam rodada da Copa Sub23

qui abr 6 , 2017
A terceira rodada da Copa Sub23 de Futebol de Campo de Mogi Mirim terá duas equipes que ainda não venceram na competição. E.C.M.C e Novacoop buscam a primeira vitória no sábado (8). A Escola Mini Craques tem apenas um ponto após dois jogos. A partir das 13h45, o time enfrenta […]