NINGUÉM SUPERA O APARECIDINHA

Campeã em 2014, a Aparecidinha voltou a erguer o troféu da Copa de Futebol Rural, em Mogi Mirim. No domingo (7), a equipe venceu o Pombal por 3 a 0, em casa e comemorou mais uma taça no torneio. Uma conquista especial, já que, o patrono do campeonato é um aparecidense nato. Osvaldo de Oliveira Santos deu nome ao torneio em 2017 e viu a equipe em que atua como dirigente levar o troféu com uma campanha contundente.

O Aparecidinha foi campeão invicto. Foram cinco empates e seis vitórias até a decisão do último domingo. A partida que marcou a sétima e mais importante vitória. O time treinado por Arlei Diogo foi a campo com a espinha dorsal de todo o campeonato. Mateus; Maicom, Pique, Patrick e Léo; Rafinha, Arthur, Bruninho e Diguinho; Caio e Guilherme.

Do outro lado, o Pombal, em busca da nona taça, teve força máxima. Galileu Araújo escalou o time com Maurício; Daniel Piu, Paulão, Léo e Jardel; Danilo Piu, Rafael, Amaral e Luciano Bridi; Rodolfo e Vida Loka. A necessidade de vencer, já que o Aparecidinha jogava pelo empate, forçou o Pombal a atacar desde o começo. Com o meio-campo atuante, a equipe apostava na jogada aérea, sobretudo, em escanteios batidos por Amaral.

Leia a matéria completa e leve o mega pôster do campeão na edição desta sexta-feira, 12, do GRANDE JOGADA.

Next Post

Mogi Mirim: Penhora de bens é nova ameaça

qui maio 11 , 2017
O Mogi Mirim tem buscado parceiros para conduzir o futebol e as negociações com o Audax visam enxugar também a folha salarial. Nos últimos anos, o clube tem mantido um hábito de atrasos salariais, que trazem consequências ruins para os atletas e para a instituição. A penhora de bens, que […]