Diego Souza é o 9 que o Palmeiras precisa?

Dez em cada dez pessoas que acompanham o futebol brasileiro de perto, apontavam o Palmeiras como favorito ao título nacional antes do campeonato começar. Mas, mesmo com elenco robusto bastaram quatro ou cinco jogos para que a necessidade de contratar um camisa nove viesse a tona. E não apenas pelo fraco desempenho do colombiano Borja até aqui, mas pela saída de Alecsandro para o Coritiba, a conclusão tardia e obvia de que Willian não é exatamente um centroavante e a falta de carinho com o excelente Lucas Barrios.

A bola da vez de Cuca e da Crefisa é Diego Souza. Ele sempre foi um meia com chegada na área, mas, com o passar da carreira, a inevitável queda de rendimento físico e poder de definição que tem, foi sendo deslocado para perto do gol. E é como atacante de área que Tite enxerga o jogador. Sua chance de disputar uma opa do Mundo passa por seguir jogando bem nesta posição. Porém, seu novo treinador no Sport, Vanderlei Luxemburgo já declarou que pretende utilizá-lo como armador. Está formado o impasse. Mas, como a balança sempre pende para o atleta, o terreno é fértil para sua chegada.

Desta vez a mira de Cuca me parece certeira. Ele quer um jogador super-motivado, identificado com o clube, de grande qualidade técnica que não vai precisar de muita adaptação. Se o Sport bater o pé, o valor da multa rescisória gira em torno de 30 milhões de reais. Um valor absurdo, mas não para a Dona Leila que quer ser presidenta em breve. Aliás, não é só ela quem tem ambições eleitorais. O ex-presidente, Paulo Nobre pensa em ser governador de São Paulo. Uma pedra a menos no salto da madame. Então palmeirense. É só sentar e esperar seu 9.

No São Paulo, o clima de preocupação teve uma pausa para a festa com a renovação do contrato de Diego Lugano. Mas, o presidente não queria sua permanência, como deixou claro em contato recente com o jornalista Lucas Valério, do GRANDE JOGADA. Não teve peito nem prestígio para ir contra a torcida e Rogério Ceni. Além dele, o bom zagueiro equatoriano Arboleda foi confirmado. Matheus Jesus deve chegar da Ponte. E se tiver chances, não vai demorar para formar a dupla titular de volantes com Jucilei.

No Corinthians apareceu o dinheiro, sabe-se lá de onde, para contratar Pablo em definitivo. Um messias? Andrés Sanches, de olho na eleição do ano que vem? Gabriel ainda pode sair. Mas, a julgar pelo desempenho de Paulo Roberto, não fará assim tanta falta. E Lucas Lima. Vai para o Barça? Não creio que possa ser um futuro substituto de Iniesta. E é isso que os catalães procuram. Ficarei surpreso se der negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *