Velo faz denúncia em empate com o Mogi no Sub20

A Primeira Divisão do Campeonato Paulista Sub20 entrou em hiato. Não haverá jogos entre os dias 6 e 27 de julho. A última rodada antes da paralisação (10ª rodada) foi promovida na quarta-feira (5). Pelo Grupo 2, o Mogi Mirim empatou em 2 a 2 com o Velo Clube e perdeu a oportunidade de se aproximar da zona de classificação para a segunda fase.

No Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro, o Sapinho abriu o placar com Robson, aos 20 minutos do primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, Stefano ampliou para o Mogi, aos 41. No segundo tempo, João Pedro, de pênalti, descontou aos oito minutos e Marcos, aos 28, deixou tudo igual. Com o resultado o Sapo foi a nove pontos, se manteve no oitavo lugar e está a sete do Ituano, último clube dentro do G4. Já o Velo, com seis, está na 10ª posição.

A 10ª rodada ainda teve mais quatro jogos: Ituano 1 x 1 Desportivo Brasil, São Carlos 2 x 1 Independente, Ponte Preta 5 x 0 Rio Branco e Capivariano 1 x 0 Rio Claro. O campeonato retorna no dia 28 de julho e o Sapo entra em campo no domingo, dia 30. A data foi alterada após ajuste na tabela do Mogi na Série C, que definiu para o sábado (29) a realização do duelo do Sapo com o o Tombense, no Vail Chaves. Assim, o sub20 enfrentará o Capivariano no domingo, dia 30, às 15h00, também no estádio mogimiriano.

DENÚNCIA

O duelo entre Velo e Mogi Mirim resultou ainda em uma denúncia feita pela diretoria do clube de Rio Claro. Na quinta-feira, dia 6, o Galo Vermelho publicou uma nota em seu site (leia abaixo na íntegra).  De acordo com Eder de Jesus Muller, responsável pelo sub20 do clube, uma mensagem enviada para o seu celular indicava a oferta de R$ 30 mil para que o Velo perdesse o jogo para o Mogi. A nota não apresenta quem seria o responsável pela suposta oferta. O clube ainda frisou na nota que o caso seria levado para a Polícia e que merece rigorosa investigação e apuração.

NOTA DO VELO CLUBE

A partida era entre A.E. Velo Clube x Mogi Mirim E.C., válida pela 10 ª Rodada.
Antes do início da mesma, o responsável pela Categoria, Eder de Jesus Muller, nos mostrou uma mensagem recebida em seu celular.
Nela, uma pessoa envia uma proposta ao mesmo.
Seriam R$ 30.000,00 (trinta mil reais), para o Velo perder o jogo.
E ele (o enviante da mesma), dizia:
No final do jogo, você recebe R$ 5.000,00(cinco mil reais) na hora.
Terminando o jogo, o dinheiro estará em suas mãos.
O restante(R$ 25.000,00), nos arrumamos um jeito e vamos entregar ao clube.
Eder, correto, como sempre, enviou a mesma ao Presidente do Velo Clube, Betinho.
Comunicando o fato.
O fato causou muita inquietação.
Se foi oferecido dinheiro, quem mais estaria envolvido nesta trama.
O Velo, é claro, não se envolveu nisto.
Mas temia-se que alguém poderia estar participando deste esquema.
E a partida estava sendo jogada em clima de muita tensão.
No primeiro tempo, o Velo perdia por 2 a 0.
Ou seja, era o resultado que interessava a esta pessoa.
Que além dessa, prometia após a paralisação docampeonato, conversar em outros jogos.
Com o abandono do treinador no intervalo e seu auxiliar,durante a mesma, a coisa ficou mais confusa.
E mais suspeitas.
No final houve empate por 2 gols.
Menos mal.
Mas houve chance de acontecer a vitória visitante.
Qualquer falha de um jogador do Velo, poderia indicar suspeição.
Felizmente não aconteceu.
Foi um caso nebuloso.
E descoberto o site de apostas, envolvendo a partida.
Diante destes fatos, o Eder de Jesus Muller, irá a Delegacia de Polícia, para registrar o Boletim de Ocorrência, para a apuração dos fatos.
Se houvesse derrota do Velo, daria impressão que o Eder e o Velo teriam aceitado a proposta.
Fato gravíssimo.
Que merece rigorosa investigação e apuração.

Assessoria de Imprensa

Next Post

O Mogi Mirim mais uma vez nas mãos da Justiça

seg jul 10 , 2017
Não parece haver outro caminho. Nos próximos dias, o torcedor do Mogi Mirim EC acompanhará o clube entrar em campo em duas esferas. No campo, a luta é contra o rebaixamento na Série C. Na Justiça, a luta é pelo futuro institucional. Um grupo de associados, em sua maioria pertencente […]