Afastamento das atividades esportivas por lesões

Qualidade de vida, socialização, prevenção e tratamento de doenças são apenas alguns dos benefícios trazidos pela prática de exercícios físicos. Com o crescimento do mundo fitness e da cobrança da sociedade por corpos sarados, houve um aumento significativo da procura por academias e outras modalidades esportivas.

Alguns ainda atletas de finais de semana, outros atletas de alta performance e outros em busca de evolução sempre, se beneficiam dos exercícios, mas também sofrem de lesões que poderiam ser evitadas, pois as principais causas de lesões no esporte de uma maneira geral estão relacionadas com desequilíbrios musculares, contusões durante o exercício, fadiga, treinamento excessivo ou fatores emocionais e psicológicos também podem estar envolvidos.

A falta de equipamentos adequados e condições do piso onde a modalidade esportiva é praticada também podem ser fatores que influenciam lesões. Para cada tipo de esporte há um trabalho envolvido na prevenção de contusões, mas, de uma forma geral, alongamento e fortalecimento devem ser realizados para a maioria das modalidades. É necessário também levar em consideração a utilização dos equipamentos adequados para cada tipo de exercício praticado. Uso de capacetes, calçados (tênis, chuteiras) caneleiras e até vestuário pode minimizar o risco de acidentes.

Respeitar os próprios limites no que diz respeito à carga e dificuldade são imprescindíveis. Devemos ouvir o próprio corpo. Fadiga, cansaço extremo, distúrbios do sono ou alimentares podem caracterizar inclusive um overtraining, nome dado ao excesso de treinamento.

Distensões musculares, traumas, fraturas, luxações e entorses podem levar ao afastamento temporário ou definitivo das atividades esportivas, por isso é tão necessária a adequação da musculatura para a atividade que vai desenvolver, pois o afastamento do esporte pode desencadear inclusive problemas de ordem emocional.

Para exercícios do dia a dia o alongamento e o fortalecimento são suficientes para evitar lesões, agora para atletas de alta performance, muitas vezes é necessário, inclusive, o acompanhamento de um fisioterapeuta esportivo que atua principalmente na fase da preparação, em que, em conjunto com o treinador, são realizados trabalhos de avaliação e correções na postura, avaliação do tipo de pisada nos casos de atletas de corrida e ainda a sugestão de equipamentos ou calçados mais adequados para a prática do esporte.

Além do reequilíbrio muscular que são realizados para reduzir os riscos de lesões. Mais do que o afastamento da prática esportiva, as lesões podem causar o distanciamento das atividades cotidianas. Portanto, conhecer seu esporte e contar com profissionais para auxiliá-lo na prevenção de lesões é importantíssimo para manter seu corpo e sua mente saudáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *