Baixa Mogiana mostra força nos Regionais

A região comprovou seu talento e atletas que defendem Mogi Guaçu e Itapira mais uma vez brilharam nos 61º Jogos Regionais, que estão sendo disputados em Americana. Como neste ano não há uma classificação geral para apontar o campeão, não é possível comparar o desempenho dos dois municípios em relação às demais cidades participantes. Mas, por modalidade, foram várias conquistas, colocando os atletas da Baixa Mogiana no cenário regional.

Mogi Guaçu foi quem obteve melhores resultados. Na categoria livre, foi vice-campeão em duas modalidades. Nas damas, terminou atrás apenas de Campinas, e na malha, perdeu para Americana na final por 144 a 116. Na capoeira, ficou com a terceira colocação no masculino e com a oitava no feminino. O município foi sexto no taekwondô feminino, com destaque para Letícia Vitória, terceira colocada no individual kyorugui até 57 quilos, e oitavo no masculino.

No atletismo, mesmo com fim da separação por divisão, a equipe guaçuana obteve ótimos resultados em Americana. Foram oito medalhas de ouro, uma medalha de prata e uma de bronze. E das oito medalhas douradas, cinco vieram do atletismo paralímpico com três de Letícia Fernandes Custódio nos 100 e 200 metros rasos e no arremesso de peso, classe T/f 46, e duas com Hellen Janaína Marçal da Silva nos 100 e 200 metros rasos, classe F47.

No convencional, foram três de ouro com Rodolfo Henrique Correia no salto em altura e no salto em distância e Lauana Alves dos Santos no salto triplo. Além do ouro no triplo, ela também foi prata no salto em distância e bronze nos 100 metros. Todos os campeões em suas provas nos Jogos Regionais estão classificados para os Jogos Abertos do Interior. Na classificação geral, o atletismo feminino ficou em sexto lugar e o masculino em nono.

Na natação, o destaque guaçuano foi Carolina Roncato, que compete na categoria paralímpica. Ela faturou três medalhas, sendo ouro nos 400 metros classe S10 e prata nos 100 metros livres e nos 100 metros borboleta. Seus resultados ajudaram Mogi Guaçu a ficar em nono lugar na classificação geral.

Mogi Guaçu ainda foi sexto colocado no futsal sub21 masculino e no tênis livre, e oitavo no ciclismo masculino e feminino. Ainda está competindo em outras modalidades, tendo assegurado conquistas no tênis de mesa.  Com a dupla Gabriele e Raiane, ficou em segundo lugar na categoria livre feminino. Na mesma disputa, Fernando e Ataliba foram campeões no masculino.

Já Itapira conseguiu resultados expressivos nas pistas e nas piscinas. Sob o comando dos professores da Secretaria de Esportes e Lazer, Nivaldo Marques e Rodrigo Vicente, os atletas conquistaram uma medalha de outro, duas de prata e cinco de bronze no atletismo. Pedro Filhou garantiu o ouro no salto com vara. As medalhistas de

prata foram Isabelle Sousa, no salto com vara, e Laura Sartorato, no

lançamento do martelo.

As cinco medalhas de bronze ficaram com Isabela Formigari e Marcos Paulo Ferreira, ambos no salto com vara, Luiza Rogato, no lançamento do martelo, Jonas Rocha Sousa, no lançamento do dardo e Luciano Andrade, no lançamento do martelo. Na classificação geral da modalidade, o atletismo feminino garantiu o quinto lugar, enquanto que o masculino classificou-se em 10º lugar.

Além das medalhas, Itapira apresentou outros destaques na competição. Na

prova do lançamento do martelo feminino, ouro, prata e bronze para Itapira, pois a primeira colocada foi Cibele Dantas, atleta itapirense que representa Campinas desde 2012, seguida de Laura e Luiza.

Luciano Andrade garantiu índice para os Jogos Abertos Interior no lançamento do

martelo, com 43,86 metros. A atleta Isabella Formigari saltou 2,20 metros em sua

primeira prova no salto com vara. “Dos oito medalhistas, sete pertencem às categorias sub16 e sub18”, ressaltou Vicente.

Nas piscinas, Jesiel Augusto Faustino foi o nome da equipe itapirense. Competindo na categoria paralímpica, venceu os 200 metros livre, classe S5, e foi vice-campeão nos 100 metros livre, classe S1, e nos 50 metros livre, classe S5. Jair Bento Nogueira também brilhou. Foi o terceiro nos 100 metros livre, classe S6. Juntos, ajudaram Itapira a ficar com a nona colocação na classificação geral. Já o handebol masculino, após três vitórias, foi eliminado na semifinal por Itatiba. 

Os Jogos Regionais terminam nesta sexta-feira e os atletas da região estarão envolvidos nas últimas modalidades em disputa, como judô, tênis de mesa e xadrez. Vale informar que os atletas não estão recebendo medalhas pelas primeiras colocações. No lugar, receberam certificados atestando suas posições nas disputas.

No segundo dia de competições, os certificados deixaram de ser distribuídos, pois muitos competidores, em protesto, estavam rasgando os papéis. A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo prometeu entregar as medalhas aos competidores. O problema teria sido causado por questões burocráticas.

Next Post

Confrontos diretos pelo topo no amador de Mogi

qui jul 20 , 2017
Dois jogos chamam a atenção na quinta rodada da Série A da Copa de Futebol Amador de Mogi Mirim, que acontece neste domingo (23). As partidas envolvem as quatro melhores equipes até agora na competição e, devido à proximidade entre elas na tábua de classificação, podem definir a liderança do […]