Mogi x Botafogo: tarefa difícil para deixar a lanterna

Com oito pontos em 10 rodadas disputadas pela Série C do Campeonato Brasileiro, o Mogi Mirim ocupa a lanterna do Grupo B e é sério candidato ao rebaixamento à Série D. Até agora, o Sapão da Mogiana conquistou duas vitórias, dois empates e seis derrotas. Para deixar a incômoda posição, o time mogimiriano precisa aproveitar a sequência de dois jogos seguidos no estádio Vail Chaves. Mas, o Mogi terá uma parada indigesta nestes dois compromissos dentro de casa.

Logo de cara, enfrenta o líder do grupo. Neste sábado, o Sapo recebe o Botafogo de Ribeirão Preto, às 15h30. O Pantera soma 17 pontos e venceu o Mogi no primeiro turno por 2 a 0, jogando no estádio Santa Cruz. Uma semana depois, no dia 29 de julho, o Mogi Mirim tem novo compromisso no Vail Chaves, diante do Tombense, às 15h30. O time mineiro é o quinto colocado com 13 pontos e luta para entrar no G4.

A aposta do Mogi contra esses dois adversários é no retrospecto. Na última oportunidade que a equipe teve de realizar dois jogos seguidos no Vail Chaves, foram duas vitórias: bateu o Tupi por 2 a 0 e o Volta Redonda pelo placar de 2 a 1. Se repetir os resultados, o Mogi soma mais seis pontos e chega a 14, podendo deixar a zona de rebaixamento.

Para o duelo diante do Pantera da Mogiana, o técnico do Sapo, Marcelo Veiga, poderá contar com o retorno do zagueiro e capitão Emerson. O atleta cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo na derrota por 1 a 0 para o São Bento. Nas demais posições, apenas o volante Moradei e o atacante Nunes estão entregues ao Departamento Médico (DM) do clube. O restante do plantel está à disposição de Marcelo Veiga para a sequência da Série C do Brasileiro. A tendência é de que o treinador utilize, por mais tempo, os reforços que chegaram perto do final do prazo de inscrições para a Série C.

O lateral-esquerdo Alex Cazumba, o meia Júnior Timbó e o atacante Jânio Daniel foram relacionados para o jogo em Sorocaba e entraram no segundo tempo. O goleiro Márcio (ex-São Paulo) pode aparecer no banco diante do Botafogo. Outra novidade é o volante Guly do Prado (ex-Southampton, da Inglaterra). O jogador não teve o nome publicado no último dia de inscrições, mas, segundo a assessoria de imprensa do clube, como estava no chamado ‘pré-BID’, deve ser utilizado normalmente. O nome do atleta apareceu no sistema na segunda-feira (17). Guly do Prado é ídolo do Southampton e foi emprestado ao Sapo pelo Ituano.

Foto: Marcelo Gotti/MMEC