Amador Mogi Guaçu: Enfim, deu Paulista

Foram 31 anos de espera para, enfim, jogadores, torcedores e dirigentes do Paulista poderem soltar a voz e gritar é campeão. No último domingo (27), no estádio do Furno, o Tricolor da Vila Maria conquistou o título do Campeonato Municipal de Futebol da 1ª Divisão ao vencer o Comercial – seu algoz em duas decisões – nos pênaltis por 10 a 9, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Foi a quarta vez que o Paulista sagra-se campeão da elite. Antes, havia vencido em 1975, 1976 e em 1986.

O Paulista chegou à decisão embalado pela forma como eliminou o Itaqui nas semifinais. Venceu por 4 a 2, após terminar o primeiro tempo perdendo por 2 a 0. Mas, do outro lado, tinha um adversário cascudo, acostumado a decisões e que faturou dois, dos seus cinco títulos na 1ª Divisão, em cima justamente do Paulista. Por isso, a previsão era de um jogo equilibrado, decidido nos detalhes.

Os primeiros minutos mostrou equilíbrio. As duas equipes marcavam em cima e não davam espaço. Mas, a habilidade de Nenê fez a diferença. Aos nove minutos, o meia driblou o lateral Pimpolho pela esquerda e cruzou rasante. O atacante Bruno apareceu como um raio pela pequena área e estufou a rede: 1 a 0 para o Comercial. Seria uma repetição de 1987e 2005, quando o alvinegro foi campeão vencendo o Paulista por 1 a 0 na decisão?

Confira os detalhes da vitória do Paulista na edição desta sexta-feira do GRANDE JOGADA.

Next Post

Cinquentão: Bicampeão nos pênaltis

qui ago 31 , 2017
O Grêmio Progresso sagrou-se no domingo (27), bicampeão do Campeonato de Futebol Cinquentão. Assim como no primeiro título no ano passado, vencido em cima do Comercial, o Progresso levantou o caneco após vitória por 6 a 5 nos pênaltis sobre o Paulista. A decisão aconteceu no estádio do Furno, como […]