Mika: Mais uma ação inovadora

Criado em 2015 pela atleta mogimiriana Mirlene Picin como uma ideia inovadora, que associasse o esporte com o meio ambiente, o projeto Podium Verde Visafértil terá um novo diferencial a partir deste mês de outubro: a cirurgia social. Agora, além das mudas que são plantadas por Mirlene, cada medalha de ouro ou prata conquistada por ela será trocada por uma cirurgia oftalmológica com caráter social.

A dinâmica será a mesma do projeto ambiental. No Podium Verde, cada vez que a atleta vai ao podium, uma determinada quantia de árvores é plantada pela Visafértil, patrocinadora de Mirlene. Em três anos, já foram 965 mudas. Na Cirurgia Social, a cada medalha de ouro ou prata em provas de ski ou corrida, o Centro de Microcirurgia Ocular, representado pelos oftalmologistas Flavio Hoffmann e Rodrigo Albejante Hoffmann, irá oferecer uma Cirurgia de Crosslinking para casos de Ceratocone com desconto de 50% no valor dos honorários médicos.

O Ceratocone é uma doença ocular que provoca a mudança da forma da córnea. É uma desordem ocular não-inflamatória e auto-limitada, caracterizada pelo afinamento progressivo da parte central da córnea. Necessita ser acompanhada com muita atenção, pois é uma doença progressiva, geralmente, até a quarta década de vida.

De início, desenvolve-se na puberdade (por volta dos 14 anos), sendo percebida com o aumento do astigmatismo de maneira assimétrica em sua curvatura.

Saiba mais na edição desta sexta-feira, 6, do GRANDE JOGADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *