Estilo de Vida: COMA OVOS!

Elaine Cristina Navarro*

Existe um mito em relação à ingestão de ovos e, principalmente, de suas gemas. Isso porque, a ingestão de dois ovos por dia já ultrapassaria a recomendação diária de colesterol que é de 300mg por dia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Quando ingerimos alimentos com mais colesterol, principalmente os de origem animal, supostamente o colesterol do nosso corpo aumentaria, porém, através de estudos isso foi sendo desmitificado e foi verificado que o colesterol dos alimentos pouco impactam sobre a quantidade de colesterol do nosso sangue, uma vez nosso corpo tem um “ponto de ajuste” na produção do colesterol. Isso significa dizer que quando consumimos mais, nosso corpo produz menos e vice e versa.

O ovo é um alimento com alto valor nutricional, rico em proteína e que tem todos os aminoácidos essenciais em concentração e proporção equilibradas, ideais para atender nossas necessidades orgânicas. O ovo só perde para o leite materno como alimento mais completo. A clara do ovo é rica em albumina, proteína de alto valor biológico que age especialmente na construção e reconstrução de células do corpo e ainda na reparação dos músculos, por isso é um alimento tão usado por quem pratica exercícios. A gema, por sua vez, é rica em nutrientes lipídicos, vitaminas do Complexo A, B e D e ainda gorduras monoinsaturadas e ômega 3, que ajudam no controle do nível de açúcar no sangue, evitando picos de insulina, que causam o aumento de apetite e depósito de gorduras.

Apesar do alto valor nutritivo do ovo, ele é considerado um alimento de baixo teor calórico. Um ovo inteiro cozido possui cerca de 70 calorias e causa muita saciedade para quem busca emagrecimento. Entre todos os benefícios já citados aqui, o ovo também traz melhora no humor por ser uma excelente fonte de triptofano, que é um aminoácido precursor da serotonina, hormônio tão conhecido como hormônio da felicidade. Traz melhora na atividade cerebral, na memória, na visão, no sistema imunológico e possui ações antioxidantes, que ajudam a retardar o envelhecimento celular precoce.

Quanto a diferença entre ovos brancos e vermelhos, na verdade não existe nenhuma, o que diferencia um do outro é a linhagem das galinhas. As galinhas de granja tendem a botar ovos brancos e as caipiras podem botar ovos vermelhos e também brancos. A única diferença entre eles é o sabor, os caipiras têm um gosto mais forte. Desta forma, não se preocupe em comprar ovos brancos ou de granja, eles tem os mesmos nutrientes do que os caipiras. E, por último, uma das maiores vantagens do ovo, incluindo todas as outras, é que apesar das variações de preço, ele ainda é um dos alimentos mais acessíveis para a população e pode ser utilizado nas mais variadas receitas.

Se você ainda é adepto do pãozinho francês e tapioca no café da manhã, experimente trocar por ovos e pão integral, você terá uma refeição completa e se manterá saciado por muito mais tempo!

*Elaine Cristina Navarro é estudante de pedagogia e tem uma página de motivação ao emagrecimento saudável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *