Mogi Mirim sedia evento de boxe

O Clube Mogiano sediará neste sábado, dia 2, a partir das 19h00, a primeira edição do Arte do Boxe. São esperadas até nove lutas amadoras e até seis combates profissionais, com a supervisão do Conselho Nacional de Boxe. Os confrontos acontecem no Ginásio de Esportes do Clube Mogiano. Sócios entram gratuitamente, enquanto que para visitantes os ingressos custam R$ 20,00. Haverá venda de ingressos no local do evento.

O Arte do Boxe é a primeira grande competição de boxe que é realizada em Mogi Mirim, pela academia Arte da Luta. Foram meses de planejamento, organização e promoção para que o evento pudesse ser realizado na cidade. A parceria com o Clube Mogiano tornou possível esta iniciativa, que estará abrigando lutas com atletas de ponta do boxe nacional.

O idealizador do projeto é o professor de boxe Márcio Evandro Ribeiro, que difunde na região esta antiga modalidade esportiva que tanto tem a contribuir física e mentalmente aos seus praticantes. As nove primeiras lutas envolverão atletas amadores. Em oito delas, haverá um boxeador de Mogi Mirim. Cada combate terá três rounds, com três minutos cada.

Haverá arbitragem e supervisão do Conselho Nacional de Boxe, que virá para Mogi Mirim com árbitros, juízes, fiscais e inspetores, tudo para que saia com a precisão dos grandes eventos de boxes no país. Márcio é professor homologado pelo Conselho Nacional, tanto que ele vem atuando como inspetor nas lutas transmitidas pelo SporTV, canal esportivo fechado da Rede Globo, dentro do programa Boxing for You.

Márcio comanda a Arte da Luta, uma academia de boxe situada no centro de Mogi Mirim, há cerca de três anos. Hoje ele e sua equipe treinam aproximadamente 60 atletas, que na maioria encontraram no boxe uma maneira de manter a boa forma física com disciplina. O boxe voltou a ficar em alta no Brasil devido à ‘febre’ das lutas de MMA, já que um bom atleta de UFC necessariamente precisa ter um bom preparo no boxe.

“Costumo afirmar que o boxe é para todos. Ali eu treino atletas que buscam a profissionalização, assim como outras pessoas que buscam no boxe uma forma de descontração, da busca pelo bom condicionamento físico. O boxe exige muita disciplina”, sintetiza Márcio. Hoje sua academia atende atletas dos 12 aos 67 anos.

Uma das atrações é a presença do renomado árbitro de boxe Antonio Bernardo, que foi quem mais atuou no mundo arbitrando lutas profissionais e que foi responsável, inclusive, por ascender grandes campeões nacionais, como Adílson Maguila e Acelino Popó Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *