Esportiva é campeã após 48 anos de jejum

A Esportiva Itapirense celebrou no sábado (2) o título da Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Uma conquista importante para a história do clube, que, em 2017, comemorou 70 anos. A taça foi levantada após a derrota por 2 a 1 diante do Presidente Prudente, fora de casa.

Como venceu o jogo de ida por 4 a 0, o time comandado por Reginaldo Lima apenas administrou a vantagem no estádio Caetano Peretti. Uma conquista que, apesar de ocorrer nas categorias de base, encerra um jejum de 48 anos sem títulos em competições organizadas pela Federação Paulista de Futebol.

Em 1969, um dos escretes mais marcantes da história vermelhinha faturou a Terceira Divisão de Profissionais. Nomes como Kalli, Bugiu e Foraciepe estavam entre os destaques do esquadrão que arrebatou a taça contra o Atlético Guaçuano, em Mogi Guaçu. No ano seguinte, o clube encerrou as atividades, que foram retomadas apenas em 2005.

Desde então, o clube tem como principais feitos os acessos de 2007 (para a Série A3) e 2013 (para a Série A2). Mas, em ambos, apesar da inegável importância, não houve o prazer de levantar a taça. Um gostinho que os garotos do sub20 sentiram e que o GRANDE JOGADA registra, em uma edição histórica, nesta quarta-feira (6).

FOTO: LÉO SANTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *