Uma carreira meteórica

Ela já tinha sido chamada outras cinco vezes para defender a Seleção Brasileira neste ano, tanto na quadra, quanto na areia. Mas, desta vez, a convocação foi especial. A atleta Chafiha Biazotto foi convocada nesta semana para a fase de treinamentos da Seleção Brasileira Adulta de Hand Beach, visando o Panamericano que acontece em março, nos Estados Unidos. Foi a primeira vez que uma jogadora de handebol do Clube Mogiano é chamada para uma seleção adulta.

A carreira de Chafiha tem sido meteórica. Aos 15 anos, ela acumula apenas cinco anos de handebol. E 2017 foi inesquecível. Foram seis convocações para seleções brasileiras e o título de campeã brasileira cadete de hand beach com o Recanto, em Natal/RN. Em janeiro, na primeira convocação, ela embarcou para Niterói para a fase treinamentos com a seleção Juvenil de Handebol de Areia.

No mês seguinte, foi para João Pessoa/PB, onde participou da fase final de treinamentos da seleção Juvenil de Handebol de Areia. Em março, fez parte do grupo que foi vice-campeão Panamericano Juvenil Hand Beach. Foi a primeira experiência internacional, já que a competição foi disputada em Assunção, no Paraguai.

Saiba mais na edição desta sexta-feira, 22, do Grande Jogada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *