Amador em pauta

Foi dada a largada para a realização da edição de 2018 do Campeonato Municipal de Futebol da 1ª Divisão de Mogi Guaçu. Na última sexta-feira (5), a SET (Secretaria de Esportes e Turismo) promoveu o Congresso Técnico da competição, na qual foram debatidos com os representes das equipes participantes, o regulamento e o sistema de disputa.

O campeonato terá início no dia 18 de Março e será disputado por 12 equipes: Itaqui, Comercial, Paulista, Ipiranga, LM Monitoramento, Ypê Pinheiros, Igaçaba, Juventude, Família Souza, Nova Alvorada, Bandeirante e Santa Terezinha. Cada equipe poderá inscrever até 25 jogadores, sendo que os pedidos de registros de atletas terão que ser acompanhados da cópia de um documento de identificação e um comprovante de residência.

Segue para este ano a permissão de inscrição de até cinco jogadores que não possuam residência em Mogi Guaçu. Independente do motivo e ou alegação, será facultado às equipes substituírem atletas – sejam os de Mogi Guaçu e ou os de fora – que alternadamente, faltarem em cinco de seus jogos. No entanto, essa possibilidade será permitida somente até a 10ª rodada, sendo que o pedido de substituição terá que ser feito junto ao expediente da SET até as 15h00 do dia 4 de junho.

Para ter condição de jogo na primeira rodada da competição, os pedidos de inscrições de atletas terão que ser protocolizados na SET até o dia 5 de Março, às 15h00, e para os jogos de estreia no campeonato, as equipes terão que ter, no mínimo, 13 jogadores inscritos. A partir da 1ª rodada, para ter condição de jogo, as solicitações de inscrições de atletas terão que ser feitas até as 15h00 da quarta-feira que antecede a partida, conforme designado pela tabela oficial. O prazo de inscrição de jogadores termina no dia 2 de Maio.

Foi definido no CT que em caso de WO – ausência de equipe em campo – em quaisquer fases do campeonato, os resultados dos jogos envolvendo a equipe excluída serão mantidos, inclusive os gols marcados e sofridos, e os jogos a se realizar serão considerados pelo placar de 3 a 0 em favor do adversário. Além da eliminação, a equipe será rebaixada para a seletiva da 3ª Divisão de 2020.

O sistema de disputa do campeonato também foi pauta do CT. A SET estabeleceu que, na primeira fase, as 12 equipes formarão um único grupo, jogando entre si, em turno único. As duas melhores colocadas se classificam diretamente para as semifinais, enquanto que os times que terminarem da terceira à sexta colocação, disputam uma fase eliminatório para saber quem serão os outros dois semifinalistas.

Neste caso, os jogos envolverão o terceiro contra o sexto, e o quarto contra o quinto colocado. Como serão partidas únicas, as equipes com a terceira e quarta colocações terão a vantagem do empate. As semifinais serão disputadas em dois jogos. Havendo empate na pontuação, a disputa por uma vaga na final será os pênaltis ao termino da segunda parida semifinal.

A final decisão será em partida única.  Havendo empate no tempo regulamentar, o campeão será conhecido nos pênaltis. Vale ressaltar que as duas últimas colocadas na classificação geral serão rebaixadas para 2ª Divisão em 2019. No ano passado, o campeão foi o Paulista, que quebrou uma longa fila de 31 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *