EMPRÉSTIMO RENOVADO

O Mogi Mirim Esporte Clube deve encerrar a disputa da Série A3 do Campeonato Paulista sem fazer um jogo sequer no estádio Vail Chaves. O clube acertou com a Prefeitura Municipal de Itapira a cessão do estádio Chico Vieira para mais quatro partidas.

Apesar da versão oficial do clube ser de que a diretoria segue trabalhando para que o Vail Chaves seja liberado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), o fato é que as chances são irrisórias de isto ocorrer até o final da primeira fase da Série A3. O estádio mogimiriano, inclusive, é alvo de uma negociação de empresários do Rio Grande do Sul, que fizeram uma proposta de compra da área em que o Vail Chaves está instalado há décadas.

Enquanto o assunto começa a crescer nos bastidores do clube e também entre membros do Grupo S.O.S Mogi Mirim, que faz oposição ao presidente Luiz Henrique de Oliveira, o Sapo segue sua triste saga na Série A3 longe do torcedor. O primeiro acordo entre o Mogi e a SEL (Secretaria de Esporte e Lazer) de Itapira terminou com valor fixado de R$ 2 mil por partida.

O dinheiro foi repassado para o Fundo Municipal de Esporte e Lazer. Porém, na negociação de renovação do vínculo, a SEL exigiu uma quantia maior e o Sapo terá que pagar R$ 3 mil por partida. Além disso, em caso de jogos realizados à noite, com necessidade de iluminação artificial, o valor do aluguel ficou definido em R$ 5 mil. A mudança de mando já foi publicada pela Federação Paulista.

O próximo jogo do Sapo no Chico Vieira será neste domingo (18), às 10h00. Na quarta-feira (21), a equipe vai a campo às 16h00 para enfrentar o Barretos. Na quarta-feira seguinte, dia 28 de fevereiro, será a vez do Sapo receber a Matonense, em Itapira e na quarta, dia 7 de março, o duelo será com o União Barbarense, mais uma vez às 16h00.

O confronto da 16ª rodada, diante do EC São Bernardo e da última rodada, contra o Desportivo Brasil, seguem agendados para o Vail Chaves, porém, a tendência é de que também sejam realizados em Itapira. Assim, o clube completará 10 partidas longe do Vail Chaves. O Sapo já enfrentou Portuguesa Santista, Atibaia, Capivariano e São Carlos no estádio itapirense.

Saiba mais na edição desta sexta-feira, 16, do GRANDE JOGADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *