Chamada final para os Jogos dos Trabalhadores de Itapira

As empresas interessadas em participar da 41ª edição dos Jogos dos Trabalhadores de Itapira ganharam mais três dias de prazo para a confirmação oficial. De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), o período de inscrições será encerrado nesta quinta-feira (29). Isto se deve à reviravolta no caso da Penha, que decidiu manter a empresa na disputa dos jogos, vencidos por ela nos últimos dois anos.

A decisão ocorreu na segunda-feira (26), durante encontro entre as empresas e representantes da organização na sede da SEL. Com o retorno da Penha, a organização decidiu ampliar o prazo. Além da Fábrica de Papel e Papelão, também estão confirmados o Laboratório Cristália, a Cargill Alimentos, a Estrela Brinquedos, a Dayco e a Prefeitura/SAAE/Câmara. Agora com seis competidores, os Jogos dos Trabalhadores terão um mínimo de quatro equipes inscritas para que uma modalidade seja inserida na competição.

Caso uma determinada modalidade tenha quatro ou cinco equipes, ela será disputada em grupo único. Já na hipótese de todas as seis empresas se inscreverem, esta modalidade será promovida em duas chaves com três equipes em cada, com a definição do vencedor em uma segunda fase. Os Jogos dos Trabalhadores contam, inicialmente, com práticas coletivas como futebol de campo, futsal, handebol, vôlei e basquete, em duplas, como truco, futevôlei e vôlei de areia e individuais, como ciclismo, tênis de mesa e concurso da rainha.

O desfile de abertura está agendado para o dia 4 de maio, no ginásio do Itapirão. A definição do encerramento ocorrerá apenas depois da confirmação da quantidade de empresas e de modalidades em disputa, mas, a organização prevê a finalização dos Jogos até o final de maio. No ano passado, a Penha faturou o título da competição ao somar 222 pontos, nove a mais que o Cristália, que ficou com o vice. O mesmo ocorreu em 2016, quando a Penha alcançou 188 pontos contra 184 do Cristália. No ano anterior, a taça ficou com o Cristália, que atingiu 225 pontos, 16 a mais que a Penha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *