Rússia x Brasil: Na Terra da Copa do Mundo

A contagem regressiva aponta que faltam 83 dias para a Copa do Mundo de 2018. Cada vez mais perto de iniciar a luta pelo hexacampeonato, o Brasil conhecerá já nesta sexta-feira (23), o principal palco do Mundial da Rússia. O estádio de Lujniki (ou Luzhniki), em Moscou, receberá hoje o amistoso da Seleção Brasileira contra a Rússia, às 13h00 (horário de Brasília).

Na Copa do Mundo, o estádio sediará a cerimônia de abertura e também a grande final. O Brasil não tem ainda nenhuma partida agendada para o Lujniki e espera retornar ao local para decidir e vencer seu sexto caneco. Já a Rússia atuará no estádio de sua capital no dia 14 de junho, contra a Arábia Saudita, na abertura do Mundial.

Mas, ainda falamos sobre a preparação e o Brasil terá novidades em sua passagem pela ‘Terra da Copa’. O técnico Tite chamou 25 atletas, entre eles, o goleiro Neto (Valencia – Espanha), o meia Anderson Talisca (Besiktas – Turquia) e o atacante William José (Real Sociedad – Espanha). Chamados pela primeira vez, os atletas tentam entrar na lista final da Copa, que será divulgada antes dos amistosos contra Croácia e Áustria, agendados para o início de junho.

Em relação à lista divulgada na segunda-feira (12), Tite precisou cortar o lateral-esquerdo Filipe Luís, do Atlético de Madrid, que se lesionou em duelo pela Liga Europa. Alexsandro, da Juventus, foi chamado em seu lugar, mas, também machucado, foi substituído por Ismaily, do Shakthar Donestk. O jogador de 28 anos defendeu Desportivo Brasil e São Bento e foi para a Europa aos 19 anos. Atuou em Portugal antes de chegar à Ucrânia, onde é um dos destaques da posição.

Neymar, ainda em recuperação após cirurgia, é mais uma baixa e a escalação para o duelo desta sexta tem como grande expectativa a escalação de seu substituto. Douglas Costa, da Juventus, é o favorito. O ex-jogador do Grêmio recebeu diversos elogios do treinador e será usado em posição semelhante à que ocupava no Bayern de Munique, com Pep Guardiola. No meio-campo, os treinos no CT do CSKA indicaram também que Tite testará alternativas à escalação de Renato Augusto, um dos símbolos da ‘Era Tite’ e que ficará no banco por opção.

Diante da Rússia, a tendência é de Willian, que atua mais avançado no Chelsea, seja o escolhido. Já para a partida contra a Alemanha, na terça-feira (27), às 15h45, em Berlim, o volante Fernandinho deve ser observado na função. O atleta tem se destaco pelo Manchester City com uma presença maior no campo de ataque e terá chances de mostrar seu futebol com Tite. Já a Rússia não poderá contar com seu grande jogador na atualidade. O meia Aleksandr Kokorin sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho durante a partida do seu time, o Zenit, com o RB Leipzig, pela Liga Europa. O armador deve perder, inclusive, o Mundial.

Rival do Brasil na terça-feira, a Alemanha anunciou uma lista com 26 jogadores, visando também a partida desta sexta, diante da Espanha. Ginter, Hummels, Boateng, Khedira, Draxler, Kroos, Özil e Müller são os remanescentes da Copa do Mundo de 2014, quando os germânicos venceram o Brasil por 7 a 1 na semifinal. A relação de Joachin Low conta com jogadores jovens, como lateral Kimmich, do Bayern e o meia Leroy Sané, do Manchester City.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *