Snake’s River estreiam com derrota no Paulista de Flag

No domingo, 25 de março, o Guaçu Snake’s River, a equipe de futebol americano de Mogi Guaçu, estreou na Conferência Caipira do Campeonato Paulista de Flag. O torneio é organizado pela Associação Pró Futebol Americano (APFA) e o confronto foi diante do Jahu Galo Strong, no campo municipal Vanthier Antônio Mantovanelli (campo do Kartódromo), em Jaú. Ao final de uma partida muito disputada, o Galo venceu o Snake’s por 27 a 24.

No primeiro quarto de jogo, o Galo Strong entrou avassalador, conquistando logo de cara dois first downs, um touchdown e, com a conversão de dois pontos bem sucedida, abriu o placar em 8 a 0. O ataque guaçuano não se abalou e quase repetiu a mesma atuação dos galos, com dois first downs. Na sequência, com passe do quarterback Marcão Svidzinski para o running back Renan Bruneto, a equipe atingiu seu primeiro touchdown, mas, sem a conversão de dois pontos, deixou o placar em 8 a 6.

No segundo quarto do jogo, o Galo se aproveitou das brechas na defesa guaçuana e anotou mais dois touchdowns e um ponto extra, levando o jogo a 21 a 06. No segundo tempo, o time guaçuano reagiu. Ainda no terceiro quarto, com um bad snap da equipe de Jaú, o placar ficou em 21 a 8, mas, com mais posse de bola, o Galo ampliou para 27 a 8. A reação guaçuana começou de fato no último quarto.

O treinador mudou a formação, colocando Felipe Botelho na função de quarterback e passando Marcão para atuar como Tight End, uma das posições mais ofensivas no flag. Logo na segunda descida desta nova configuração, Botelho achou Marcão na chamada endzone (área de fundo da defesa rival) e com a conversão, o Guaçu Snake’s somou mais oito pontos. A defesa melhorou a pressão e o defensive lineman Tommy Rodrigo conquistou mais dois pontos após um sack dentro da endzone adversária. Houve tempo ainda para o quarterback Botelho deixar o running back Renan Bruneto na endzone e os guaçuanos converterem mais seis pontos, deixando o placar em 27 a 24.

Nos instantes finais, com a defesa consolidada, o Snake’s quase virou a partida. Restando oito segundos, a equipe recuperou a bola e por dois metros não conseguiu converter o touchdown a tempo. “Não conseguimos a vitória, mas a equipe fez um belo espetáculo. Estamos de parabéns”, afirmou Marcão Svidzinsk. O Guaçu Snake’s volta a atuar agora no dia 6 de maio, às 10h00, contra o Guarani Indians, ainda sem local definido. Os guaçuanos estão no Grupo Caipira Norte da Conferência Caipira, que é composta, no total, por quatro chaves (Caipira Norte, Caipira Sul, Caipira Leste e Caipira Oeste) e 18 agremiações.

Ducks Football, Ponte Preta Gorilas, Guarani Indians, Piracicaba Cane Cutters, Jahu Galo Strong, Americana Weavers, Agudos Diamonds, Avaré Scorpions, Bauru Badgers, Lençóis Paulista Readers, Unicamp Eucalyptus, São Carlos Bulldogs, Indaiatuba Alpacas, Unasp Roosters, Salto Dark Wolves e Limeira Tomahawk também estão na Conferência Caipira.

Na chamada Conferência Metropolis, com equipes da Grande São Paulo, são 17 integrantes: São Paulo Tigers, Macknzie Mohawks, Politécnica Rats, Jundiaí Cerberus, Cronos Football, Atibaia Super Chargers, Brasil Devilz, Guaratinguetá White Cranes, Silver Knights Football, São José Jets, Taubaté Big Donkeys, UFABC Green Reapers, Brokenstones Football, Palmeiras Locomotives, Marginals Football, Karakas Strong Bears e Caniballs Football.

Assim como a Caipira, a Conferência Metropoltinada é dividida em quatro grupos (Metropolis Leste, Metropolis Oeste, Metropolis Sul e Metropolis Norte).  O calendário indica um total de 37 rodadas até o final da primeira fase, sendo que os duelos que encerram esta etapa estão agendados para o dia 7 de outubro. Seguindo o calendário, após o duelo com o Guarani Indians no dia 6 de maio, os guaçuanos atuarão ainda nos dias 20 de maio (contra o Limeira Tomahawk), 24 de junho (contra o São Carlos Bulldogs, 8 de julho (contra o Politécnica Rats) e 2 de setembro (contra o Unasp Roosters), sendo este último, o único jogo já confirmado para o campo do SESI, em Mogi Guaçu. O Guaçu Snake’s conta com apoio da SET (Secretaria de Esportes e Turismo), Coelbra Elastômetro Brasil e Combine Suplementos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *