Hand de Itapira estreia neste domingo na Lhesp

O Itapira Handebol Clube/SEL estreia neste domingo (15) no Campeonato da Lhesp (Liga de Handebol do Estado de São Paulo). A equipe, em parceria com a SEL, irá disputar a competição na categoria adulto masculino. A primeira partida será às 10h15, contra Limeira, no ginásio poliesportivo das Faculdades Eisntein, em Limeira. A tabela foi divulgada pela entidade no dia 24 de fevereiro. Um cronograma que é elaborado em detalhes não apenas pela organização, mas também pelos responsáveis por cada equipe. No caso do IHC, o professor Fábio Sartori, o Spaghetti, contou que detalhes como ausência de atletas e presença em outros torneios são importantes.

“Nós temos algumas datas em que já sabemos que teremos desfalques e outras, em que iremos jogar pela Copa Itatiba, mesmo que ainda não tenha saído os rivais, já sabemos os dias”, explicou. Spaghetti também falou sobre a logística, já que, na primeira fase, haverá apenas um jogo em Itapira. Os duelos com Sorocaba, Porto Feliz e Tietê serão em Indaiatuba. Além da relação estreita com os responsáveis pela equipe de Indaiatuba, a cidade fica “no meio do caminho” tanto para Itapira, quando para os rivais, facilitando o acordo. Já o confronto com Bauru, que por duas vezes ocorreu aqui na região, teve a solicitação para ser realizado na casa do rival, mas, foi agendado para Limeira.

Na confecção do calendário, os representantes da equipe itapirense, inclusive, decidiram arriscar e agendaram os jogos contra dois dos rivais mais fortes para o mesmo final de semana. No sábado, dia 16 de junho, às 16h45, Itapira enfrenta Itatiba, em Piracicaba. No dia seguinte, às 11h30, será a vez de duelar com São João, em Itapira. Os jogos foram agendados para as vésperas dos Jogos Regionais e servirão para medir a capacidade da equipe antes do principal compromisso da temporada. “Teremos uma boa ideia sobre cansaço e desempenho. Eu corri o risco, porque se perdemos um desses jogos, pode complicar a briga pela vaga para a Série Ouro. Mas, falei que vale a pena pelo investimento nos Regionais”, destacou Fábio Sartori, o Spaghetti.

O campeonato adulto sofreu a redução de 16 para 11 equipes e isto refletiu em duas mudanças significativas na edição 2018. Seguindo a regra da Liga, em torneios com menos de 14 times, a primeira fase é realizada em grupo único. Assim, as agremiações irão se enfrentar em turno único. Após 10 partidas cada clube, os oito melhores se classificam para a segunda fase. Porém, a disputa para a ida à Série Ouro será já na fase qualificatória. Os quatro primeiros colocados disputarão a Série Ouro. Do quinto ao oitavo colocado irão para a Série Prata. No ano passado, com duas chaves de oito em cada, os quatro melhores avançavam para as quartas de final.

Os duelos contra equipes dos grupos opostos é que indicavam as semifinais das séries Ouro e Prata. “Agora a disputa pela vaga na Ouro será o ano todo”, pontuou Spgahetti. Além do Itapira Handebol Clube, estão no páreo Itatiba, Limeira, Sorocaba, Porto Feliz, São João da Boa Vista, Mogi Guaçu, Bauru, Vinhedo, Indaiatuba e Tietê. Em relação a 2017, são sete ausências: Jundiaí, Valinhos, Handebol Ituano (Itu), Mogi Mirim, Piracicaba, Paulínia e Votorantim. No ano passado, Piracicaba ficou com o segundo lugar na Série Ouro e Jundiaí foi o terceiro colocado. Já as novidades para a próxima temporada são Porto Feliz e Vinhedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *