Passeio Solidário reúne ciclistas em Itapira

A importância social do esporte é reconhecida por uma parcela ainda pequena da sociedade. Porém, aqueles que conseguem enxergar este papel e os meios que o esporte pode beneficiar uma comunidade, costumam prestar um serviço vital. No domingo, dia 22 de abril, a Associação Itapirense de Ciclistas (AIC) promoveu a quinta etapa do Cicloturismo AIC e Pastora da Fazenda.

O evento ocorreu no Espaço Natureza e reuniu mais de 600 ciclistas. A inscrição custou R$ 10 ou um quilo de alimento e, ao final, a organização arrecadou R$ 1.500 e 100 quilos de donativos. Esta foi a quinta etapa do Cicloturismo realizada com o objetivo de contribuir com entidades assistenciais de Itapira. A beneficiada da vez foi a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), que receberá o dinheiro e os alimentos arrecadados. A entidade atende cerca de 225 pessoas, entre crianças e adultos e fica na rua Jacob Audi, 132, na Vila Penha do Rio do Peixe.

“Essa é uma iniciativa que deveria existir em todas as cidades, pois além de incentivar a saúde e o esporte, tem um lado solidário muito forte. Felizmente, a AIC está contando com ajudas essenciais para a realização dos passeios. Pessoas, empresas e instituições que entram para ajudar com serviços e produtos, sem cobrar nada. Isso possibilita a realização destes passeios de tamanha importância para o Município”, afirmou Sara Maniezzo Moysés, presidente da AIC.

Em 2018, serão promovidas mais três etapas do Cicloturismo. De acordo com a agenda divulgada pela organização, os passeios acontecerão nos dias 24 de junho, 23 de setembro e 16 de dezembro. “O critério que utilizamos é direcionar a ajuda para a entidade que mais está passando necessidade”, destacou Sara. No evento do dia 22 de abril, a Anjos Sem Asas montou um barzinho no evento para arrecadação de fundos para a entidade. “Temos até um projeto para um dos próximos passeios, de incentivar a doação de sangue. Estamos estudando a melhor maneira de viabilizá-lo”, pontuou a presidente da AIC.

A Associação Itapirense de Ciclistas tem aproximadamente 10 voluntários, todos ciclistas e conta com reuniões mensais. Paralelamente aos passeios, a entidade obteve junto às autoridades itapirenses a Praça do Ciclista, que contará até com um monumento característico. “A praça fica ao lado da escola ETEC e promete ser um Point de Ciclistas do Município”, frisou Sara.

No evento do dia 22, o trajeto teve 35 quilômetros, sempre por estradas rurais e sem grandes dificuldades técnicas. O percurso relativamente tranquilo contou, inclusive, com a participação de crianças. O Cicloturismo teve como apoiadores Pastora da Fazenda, Finelli Produtos químicos, Plantação Produtos Naturais, Cocada Itapira, KVRA Store, Bike e Cia, Itabike, Vip Color, Nogueira Comunicação, Banda Garage 3, Espaço Natureza, Clube do Jeep, Pessoal da Moto, Guarda Municipal, Prefeitura de Itapira, Cabral Sorvetes, Supermercado Juritis, Supermercado Cubatão, Supermercado Antonelli, Supermercado Rofatto, Padaria Ponto Alto, Linda Fruta Hortifruti e André Som.

Next Post

Jogo com o Brusque será em Águas de Lindóia

qua maio 23 , 2018
O Mogi Mirim vai enfrentar o Brusque neste sábado (5), pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O duelo será às 15h00, no estádio Leonardo Barbieri, em Águas de Lindóia. Após não ter solicitado a alteração do confronto com o São José-RS dentro do prazo legal, o Mogi […]