Atletismo de Itapira brilha no Brasileiro de Recife

O atletismo de Itapira sempre foi muito forte. Superando barreiras, como a falta de recursos e apoio, nomes importantes foram revelados nos últimos anos. Tiago das Silva, que concorre a uma vaga no salto em distância nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, surgiu em um dos tantos projetos de captação comandados pelos técnicos Rodrigo Vicente e Nivaldo Marques. Na transição de 2017 para 2018, os reflexos da última crise econômica resultaram na necessidade de federar atletas da cidade em outra equipe para que eles pudessem seguir com o Bolsa Atleta e competindo em torneios nacionais. Entre os dias 18 e 20 de maio, três atletas representaram a cidade no Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo Sub18, em Recife (PE).

Isabelle Cristina Zanquetta de Souza, Laura da Silva Sartorato e Rafael Abinadab Oliveira de Santana representaram Itapira através do Instituto Edson Luciano, de São Joaquim da Barra (SP). O esforço pelos atletas não foi em vão. Isabelle foi ouro no salto com vara e Laura ficou com a prata no lançamento do martelo. Já Rafael foi o sexto colocado no lançamento do disco, com 48,55 metros registrados. Mesmo sem medalha, o resultado de Rafael foi comemorado pela comissão técnica devido ao nível de dificuldade da competição. Já no domingo (20), Isabelle se tornou campeã brasileira sub18 no salto com vara.

A atleta de apenas 16 anos foi a última a saltar. Thiana Machado, da Prefeitura de Ivoti (RS) e Ysnaira dos Santos Vieira, do Centro Olímpico, haviam alcançado a marca de 3 metros. Isabelle iniciou cravando 2,80 metros. Depois, fez 2,90 metros e logo na terceira tentativa alcançou os 3 metros. Após cravar de primeira os 3,05 metros, ela chegou aos 3,10 metros que lhe rendeu a medalha de ouro e 13 pontos para o Instituto Edson Luciano. No lançamento do martelo feminino, a qualificação aconteceu na sexta (18) e a final, reunindo 15 atletas, na manhã de sábado (19). Laura Sartoratto fez três lançamentos, acertando as distâncias de 42,60 metros, 44,56 metros e, atingindo seu máximo, com 46,68 metros.

A única concorrente capaz de supera-la foi Larissa Vitória Leandro Fraga, da Sogipa (Sociedade de Ginástica de Porto Alegre), que alcançou a marca de 47,73 metros e ficou com o ouro. Ao final, o Instituo Edson Luciano terminou a competição na 15ª posição ao lado do ABC, com 21 pontos. Deste total, todos conquistados pelas duas atletas itapirenses. Entre os dias 22 e 24 de junho, será a vez de Pedro Filhou, Luciano de Andrade Costa e Bruno Thadeu Rodrigues de Assis Leme se juntarem ao trio sub18 e participarem do Campeonato Brasileiro Sub20 de Atletismo, que acontecerá em Bragança Paulista.

Next Post

Quatro confrontos estão confirmados no Futsal

sex maio 25 , 2018
Na segunda-feira (28) serão realizados os dois últimos jogos da primeira fase da Copa Itapira de Futsal. A partir das 19h30, o CLA enfrenta o Katadão, pelo Grupo 2. Já às 20h00, o Unidos do Antonelli duela com o Good Jesus A no Grupo 1. As partidas acontecerão no ginásio […]