Delator de escândalo no futebol morre em São Paulo

Morreu na manhã desta sexta-feira, o empresário, advogado e jornalista José Hawilla, aos 74 anos. Principal delator de esquema mundial de corrupção na compra de direitos de transmissão em eventos esportivos, que culminou na prisão do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, estava internado desde segunda-feira no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, em decorrência de problemas respiratórios.

Iniciou carreira no jornalismo esportivo nos anos 1960 e nos anos 80 comprou a empresa Traffic, de publicidade em pontos de ônibus, e passou a explorar propagandas dentro dos gramados. Tornou-se a maior agência de marketing esportivo do país, e explorava a os direitos de exibição de torneios nacionais e internacionais.

Em 2014 fechou acordo com a Justiça dos EUA e delatou esquemas de suborno para obtenção de direitos de transmissão em competições de futebol. Pagou 151 milhões de dólares e entregou autoridades do mundo esporte para evitar a prisão e confessou ter pagado propina a dirigentes, incluindo os ex-presidentes da CBF, Ricardo Teixeira, José Maria Marin e Marco Polo del Nero.

Com informações da Gazeta Press
Foto: Letícia Moreira/Folha Press

Next Post

Master da SEL fatura 8 medalhas na Unami

sex maio 25 , 2018
A equipe de natação master da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) de Itapira, em parceria com o Clube de Campo Santa Fé, participou da terceira etapa do Circuito da Unami (União dos Nadadores Masters do Interior). A prova foi realizada no sábado (19), na piscina da Associação Atlética Ferroviária, […]