Mirlene é 3ª na II Traschinepro Trail 21km

Os 21km de recorrido acumularam 1100m de ascensão, estando o ponto mais alto do percurso a 1570m de altitude. O percurso foi realizado em 100% de terreno composto por trilhas técnicas. As duas primeiras posições do podium foram ocupadas por atletas espanholas. A vencedora, Yolanda, é membro da Equipe Nacional Espanhola de Corrida de Montanha e vai integrar o time que representará o país no campeonato europeu da modalidade, que acontece em primeiro de julho na Macedônia.

Com a terceira colocação, são somadas mais 15 mudas ao projeto de reflorestamento mantido pela Visafértil Fertilizantes Orgânicos. Desde março, quando iniciou seu calendário de provas de corrida de montanha, Mirlene largou em oito eventos (5 no Brasil e 3 na Espanha), subiu ao podium em 7 oportunidades e acumula um total de 150 mudas que serrano plantadas no final do ano.

“Estamos bem satisfeitos com os resultados até o momento. De verdade, não esperava ter resultados assim agora no inicio. Correr aqui na Espanha é muito diferente pra mim. As provas são realizadas em regiões de alta montanha, com muita altimetria acumulada e terrenos extremamente técnicos, o que é bem dificil  Um perfil de prova completamente diferente do que estamos acostumados a ter no Brasil”., destacou a atleta.

E o nível competitivo é muito maior. Atletas bem familiarizadas com o relevo da região, especialistas na modalidade, com uma condição física e técnicas muito aprimoradas para se correr em terrenos assim. “Vim aqui para aprender e me desenvolver nessa modalidade”, completou. Mirlene Picin segue em período de treinamentos na Espanha, com provas previstas para os meses de julho e agosto. A mogimiriana tem patrocínio da Visafértil, Fermac Cargo, Nanobr Nanotecnologia. Apoio da Murilhas Comunicação, Hospital 22 de Outubro e Bonés Skiroll e parceria com a Sejel – Mogi Mirim e Studio Zentro – Huesca.

Crédito das Imagens: Ramon Ferrer/Organização/Arquivo Pessoal

Next Post

Comercial atropela a Esportiva em Ribeirão

ter jun 26 , 2018
No domingo (24), a Esportiva Itapirense perdeu a primeira chance de classificação de uma maneira cruel.  A equipe perdeu por 4 a 0 para o líder Comercial, em Ribeirão Preto. No estádio Palma Travassos, o técnico China escalou uma equipe ofensiva, com Léo Braz como volante, os meias Jonathan Ramos […]