O Vila Nova quer voar alto no Amador

Márcio José de Lima não esconde de ninguém. O sonho do dirigente é ver o Vila Nova com o caneco da Primeira Divisão da Copa Itapira de Futebol Amador. Nino, como é conhecido no meio do amador, é um daqueles dirigentes apaixonados pelo seu clube e ele não mede esforços para que o Vila atinja seus objetivos. “Quero ver o Vila brilhando na elite”.

Atualmente, o Jacaré da Vila Izaura disputa a Segundona. São três anos seguidos na competição. Já uma eventual presença na 1ª Divisão não será um feito inédito. O clube já disputou a elite do Amador de Itapira. Em 2011, por exemplo, a campanha foi tão boa que o clube contou com o artilheiro do torneio, o atacante Branquinho, que marcou 14 gols.

Em 2012, o Vila sofreu com o rebaixamento, mas, logo no ano seguinte, retornou, com o quarto lugar na Segunda Divisão. Em 2014, fez campanha destacada, terminando na sexta posição. Em 2015, um novo descenso e, desde então, o sonho de retornar à elite tem batido na trave. Mesmo que o acesso não tenha sido alcançado, o time segue com bom desempenho e reunindo atletas de qualidade.

Em 2016, na Copa Integração, os gêmeos Everton e Uéslei, que já passaram pela base do Palmeiras, estiveram no elenco. Kellyton, ex-Esportiva Itapirense e hoje no Internacional de Lages-SC é outro atleta com vínculo com o Jacaré.

O time da Vila Izaura, inclusive, apostou alto para a temporada 2018. A equipe presidida por Nino contratou o atacante Robinho, que tem se destacado nas últimas temporadas do Amador de Itapira. Em 2016, ele foi o artilheiro da Copa Integração e foi o principal astro da conquista do Estrela do Norte. Já no ano passado, Robinho foi artilheiro da 1ª Divisão.

Agora na Segundona, ele veste a camisa colorada e o time está na zona de classificação para a próxima fase, dividindo a liderança do Grupo 2, ao lado do Veimaqsom. Neste domingo, dia 15, as equipes fazem um ‘jogo de seis pontos’, no campo Pedro Bagini. A participação na primeira fase será encerrada no dia 5 de agosto, no campo da Boa Esperança, em duelo com o Fanáticos.

A equipe é comandada pelo técnico Cassinho e pelo auxiliar técnico Bodão, e conta com um elenco que mescla experiência e juventude. Oséias é o goleiro. Ainda na defesa, estão assinados os zagueiros Paçoca, Ítalo, Dhu e Lola, além dos laterais Tiago, Vermelho e Ari. No meio-campo, os volantes Andinho, Uan, Sérgio e Tião dão o suporte para os meias Rafael, Geovane e Branquinho, que segue com o clube em que foi artilheiro da elite, em 2011. O grupo ainda tem os atacantes Di, Binho, Rogério e Robinho.

Com o vermelho e branco na camisa, o Jacaré da Vila Izaura aposta na paixão dos dirigentes, como Chico Bíblia, um dos apoiadores da equipe. Fora de campo, a força da arquibancada tem torcedores cativos. Os filhos de personagens do time, como Binho e Cassinho, estão entre eles. Há ainda Lula e o filho Cauan, Salame e família, Marcinho e Marcelo, os famosos Tico e Teco, além de Tiago, com o filho Enzo, o sobrinho Deu e a irmã Neide. Com o suporte dentro e fora de campo, o Vila acredita que o retorno à elite está mais perto. Alguém segura o Jacaré?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *