Porto sobe proposta por Militão e São Paulo recusa

O Porto quer por que quer contar com o defensor do São Paulo, Éder Militão, na nesta janela de transferências. Os portistas melhoraram a proposta para o Tricolor. Segundo o blogueiro Jorge Nicola, o time português está disposto a pagar R$ 18 milhões, além de deixar 10% de uma venda futura para o São Paulo. O São Paulo, porém, recusou a oferta. Na sexta-feira passada, o montante já era de R$ 18 milhões, mas não dava direito a um percentual sobre a próxima transferência, o que pode representar muito dinheiro. Isso porque Militão apresenta enorme potencial e, caso confirme as expectativas no Porto, voltará a atrair olhares de grandes como Manchester City, Juventus e PSG – todos o sondaram recentemente.

Mesmo com Militão já deixando claro para o presidente Leco e para a comissão técnica que quer ser vendido já, o São Paulo se esforça para manter o atleta. A expectativa é continuar com o jogador, avaliado como peça importante na luta pelos títulos do Brasileiro e da Sulamericana. Já em relação ao Porto, ele tem a promessa de que será titular, como zagueiro, em Portugal. O Dragão é o atual campeão nacional e está classificado para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Na diretoria tricolor, não havia consenso, pelo menos até essa nova proposta, sobre o que fazer. Parte dos aliados de Leco é contra a transferência, mesmo ciente de que o São Paulo não lucrará qualquer centavo se ele ficar até 11 de janeiro, quando acaba o contrato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *