Romero dá show, marca 3 e Corinthians vence no DF

Neste domingo (29), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Corinthians entrou em campo pela 16ª rodada do Brasileirão. O Alvinegro saiu atrás no placar mas, com três gols de Romero e um de Jadson, venceu o Vasco por 4 a 1 e chegou aos 25 pontos no nacional. Com o hat-trick que resultou na virada corinthiana, Romero chegou aos 37 gols com a camisa do Timão, superando a marca de Ronaldo Fenômeno (com 35) no clube do Parque São Jorge. De quebra, o paraguaio fica a apenas um gol de entrar no top 10 dos artilheiros alvinegros no século 21.

Comandado pelo técnico Osmar Loss, o Corinthians começou a partida com Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas e Jadson; Romero, Pedrinho e Clayson. À disposição estavam Caíque, Walter, Carlos, Marllon, Léo Santos, Paulo Roberto, M. Gabriel, M. Vital, Danilo, Matheus e Emerson Sheik. Logo no início do primeiro tempo, com pouco mais de 1 minuto de partida, o Timão criou a primeira chance de perigo. Jadson cobrou falta na área e Henrique quase cabeceou para o gol. Em seguida, Romero fez boa jogada pela direita e cruzou para Jadson, que tentou dominar, mas a bola escapou e sobrou para o goleiro Martin Silva.

O Timão tomava a iniciativa da partida e, aos 6 minutos, Pedrinho passou para Romero dentro da área, mas o atacante paraguaio não conseguiu finalizar. Aos 25, Pedrinho arrancou pela direita, deixou o marcador pra trás e cruzou, mas o goleiro vascaíno defendeu, em dois tempos.Com 39 minutos, Jadson cobrou falta na área e Pedro Henrique desviou, mas a bola ficou nas mãos de Martin Silva. Aos 43, em cobrança de escanteio de Clayson pela esquerda, Danilo Avelar subiu mais alto que a zaga vascaína e cabeceou, mas a bola bateu na trave. Em seguida, já nos acréscimos, Pikachu abriu o placar para o Vasco, em cobrança de pênalti.

O Corinthians começou o segundo tempo atacando e, logo aos 4 minutos, Jadson recebeu de Clayson no lado direito, tirou a marcação do goleiro e tocou para Romero, que bateu de primeira para empatar o jogo. O tento foi o de número 35 do paraguaio com a camisa corinthiana, igualando a marca de Ronaldo Fenômeno no Alvinegro. Aos 12 minutos, Clayson serviu Pedrinho pela esquerda. O camisa 38 cruzou para Romero, no meio dos marcadores, desviar para o gol, fazer o segundo dele na partida e virar o jogo para o Timão.

Com 21 minutos, o Timão criou boa chance de ampliar. Fagner cruzou, mas a bola passou por toda a área vascaína. Na sequência, Clayson saiu para a entrada de Matheus Vital. Aos 31, Vital invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro do Vasco. A arbitragem marcou o pênalti. Na cobrança, Jadson ampliou a vantagem corinthiana no Mané Garrincha. O camisa 10 saiu, para a entrada de Léo Santos. Em seguida, Sheik entrou no lugar de Pedrinho. Aos 47, Emerson passou para o paraguaio, que invadiu a área e marcou o quarto gol do Timão.

O Timão agora volta suas atenções à Copa do Brasil. Na quarta-feira (1º), às 21h45, o Alvinegro recebe a Chapecoense, na Arena Corinthians, pela primeira partida das quartas de final da competição. Pelo Brasileirão, o Corinthians volta a campo no sábado (04), contra o Atlético-PR, na Arena Corinthians.

Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *