Reedição de final e briga de invictos na Segundona

O domingo também será de bola rolando nas divisões de acesso da Copa Itapira. No campo Pedro Bagini (Lazer), a partir das 8h30, o Coiotes enfrenta o Paulistano. A partida será a reedição da final da Terceirinha de 2017, quando os times empataram em 0 a 0 e o título ficou com o Paulistano. Na primeira fase, o Coiotes havia vencido por 2 a 0. Os dois jogos ocorreram no campo dos Prados. Neste ano, o Coiotes fez boa campanha e foi o líder do Grupo 1, com 11 pontos conquistados, se mantendo ainda invicto no torneio. O Paulistano também chegou a ficar um bom tempo sem perder. Porém, com quatro empates em quatro rodadas, o time também não vencia e avançou de fase mesmo sem vencer.

Na última rodada da primeira fase, perdeu por 3 a 1 para o Expresso do BFC União e ficou com a quarta posição, fugindo ainda da degola, graças ao melhor saldo em relação ao Atlético Ponte Nova. Campeão da Primeira Divisão em 2011, após bater o Bela Vista na decisão por 3 a 1, no Pedro Bagini, o Paulistano possui o título da Segundona de 2009 e da Terceirinha de 2017. Já o Coiotes foi campeão da Terceirinha em 2015. Na outra semifinal, a partir das 9h45, também no Lazer, o Casa Amarela encara o Veimaqsom. Vice-líder no Grupo 1, com 11 pontos e ainda invicto, o Casa Amarela, do técnico Neto Mello, terminou a primeira fase com o melhor ataque da Segundona, com 14 gols marcados. Já a Veimaqsom, campeã da Terceirinha em 2009, foi a terceira colocada no Grupo 2, com sete pontos. Com uma vitória e quatro empates, o time também está invicto no torneio.

Next Post

Nomes famosos nas quartas da Terceirinha de Itapira

sáb ago 25 , 2018
Já na Terceira Divisão, duelos que envolvem times com xarás de destaque nacional e até internacional. No campo Alcides Lauri (Boa Esperança), a partir das 8h30, o Porto enfrenta o Red Bull. De um lado, um clube que carrega o nome de um bicampeão europeu, em 1987 e 2004, o […]