Itapira muito perto de ser sede da Copinha

Itapira está perto de ser anunciada, mais uma vez, como uma das sedes da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A expectativa é de que, nos próximos dias, o prefeito José Natalino Paganini (PSDB) assine o Termo de Compromisso junto à Federação Paulista de Futebol (FPF). É um documento burocrático, que serve de sinal de que a cidade está pronta para receber uma das chaves da primeira fase e eventuais partidas das etapas eliminatórias.

Em 2018, pela primeira vez na história, Itapira foi sede, com a Esportiva Itapirense disputando quatro partidas e sendo eliminado na segunda fase. Nos últimos dias, representantes da Prefeitura e da Esportiva se reuniram para debater a viabilidade para 2019. O clube, como campeão da Segunda Divisão do Paulista Sub20 em 2017, tem vaga assegurada mesmo não sendo sede. Mesmo assim, a diretoria demonstrou interesse em repetir o trabalho de 2018. Na quinta-feira (20), em reunião que envolveu o prefeito Paganini e um dos gestores da Esportiva, Aparecido Inácio, o Cidão, o martelo foi batido. A cidade vai se colocar como disposta a receber a Copinha.

O último passo burocrático é a conclusão do preenchimento de um formulário exigido pela Federação para o clube de cada sede. Nele, a Esportiva precisa apresentar os valores e os locais indicados para despesas como hospedagem, alimentação, lavanderia e transporte. Segundo as partes, este custo será arcado pela Vermelhinha, assim como ocorreu em 2018. Além disso, há a captação de parceiros para viabilizar o projeto. “Temos a prerrogativa de definir tudo até o dia 10 de outubro”, afirmou o prefeito ao GRANDE JOGADA.

Mesmo com o zelo para não cravar a cidade como sede em 2019, já que oficialmente ela ainda não é, as chances são muito grandes exatamente pelo sucesso deste ano. Os responsáveis por analisar as sedes em 2018 rasgaram elogios a Itapira e isso pesou para que a entidade colocasse a cidade como uma das prioridades. Gestor da Esportiva, Cidão celebrou a eventual manutenção de Itapira como sede. “Será importante para nós ter o afago do torcedor mais uma vez. Foi uma festa linda neste ano e tenho certeza que, tudo correndo bem, será também em 2019”.

O secretário de esportes de Itapira, Marquinhos Schmidt, frisou que a permanência de Itapira como sede mostrará a força do esporte local. Ele explicou que a Prefeitura manterá os compromissos, como a manutenção do estádio Chico Vieira. A SEL já solicitou, inclusive, a documentação técnica para a emissão dos laudos necessários para a renovação da liberação do estádio junto à Federação.

A Prefeitura, aliás, deve investir de R$ 70 mil a R$ 80 mil para a reforma do sistema de iluminação, que, há cerca de 10 anos, tem esta necessidade. “Hoje está no limite. Precisamos realizar a troca, fazer esta nova estrutura, que não são apenas os refletores, mas a questão de energia, do padrão, toda fiação”. Vale destacar que o estádio é municipal e a Esportiva tem um termo de cessão de uso para jogos oficiais. O local é usado, inclusive, para eventos esportivos municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *