Saiu a tabela do Paulistão. E eles não estão lá…

A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou nesta quarta-feira (21), as tabelas das séries A1, A2 e A3. E como é triste não ver Mogi Mirim, Esportiva Itapirense e Atlético Guaçuano em nenhuma das três. No caso do Sapão, ainda mais. Sempre ficava ansioso pela divulgação da tabela exatamente para saber quais os clubes jogariam no estádio Vail Chaves. Principalmente os chamados grandes. O Mogi jogou a Série A1 de forma ininterrupta de 1986 a 2006. Mesmo quando caiu, no ano seguinte, lá estava na Série A1 devido ao antigo regulamento. Minhas idas ao estádio começaram por volta de 1997 e, até 2016, apenas em 2007 e 2008 o clube ficou na A2.

Um torneio que também tem lá seu charme, mesmo sem os ‘Quatro Grandes’. Hoje, a espera no Mogi é diferente. O desejo não é mais ver a tabela e sim a divulgação do afastamento definitivo da atual diretoria, para quem uma oxigenação possa salvar o clube e, quem sabe, recolocá-lo nos trilhos dos gigantes mais uma vez. Esportiva e Guaçuano estiveram menos nestas séries. A Vermelhinha mais que o Mandi, é verdade. Ainda assim, impossível não se lembrar de 2014, quando o Sapo entrou com uma enorme expectativa na Série A1, a Esportiva estreava na A2 e o Guaçuano lutava para repetir feitos recentes na A3. Ali, as coisas começaram a derrapar e, hoje, nos resta a ansiedade pela divulgação da tabela da Copa São Paulo, que deve ocorrer ainda esta semana e que tem a Itapirense entre os participantes.

COMO FICOU

O Paulistão começa no final de semana do dia 20 de janeiro. Os 16 clubes seguem o regulamento que começou em 2017, após seis times caírem na edição de 2016. Na primeira rodada, tem Corinthians x São Caetano, Red Bull x Palmeiras, São Paulo x Mirassol, Santos x Ferroviária, Bragantino x Guarani, Ituano x Novorizontino, Ponte Preta x Oeste e Botafogo x São Bento. A tabela completa da Série A1 está aqui. Entre as novidades, Guarani e Oeste, que subiram após jogarem a A2 em 2018. O torneio contará, no total, com seis clubes que já venceram a competição. Além de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo, Ituano e Bragantino também já conquistaram a elite estadual. Em relação à tabela, o São Paulo e Santos farão apenas um clássico como mandante na primeira fase, enquanto que Palmeiras e Corinthians jogarão duas vezes em casa diante dos rivais. O primeiro clássico da edição 2019 será no final de semana do dia 27 de janeiro, quando Santos e São Paulo se encontram na Vila Belmiro. A última rodada da primeira fase acontece no dia 20 de março, uma quarta-feira.

Na Série A2, pelo segundo ano seguido com 16 clubes, a primeira rodada também será no final de semana do dia 20 de janeiro. Destaque para o clássico entre XV de Piracicaba e Internacional de Limeira. Destaque ainda para a presença de três forças da capital: Juventus, Portuguesa e Nacional, além do retorno da Portuguesa Santista e a chegada do Atibaia à beira da elite. Clubes que estiveram recentemente na A1, como Rio Claro, Santo André, Linense, Penapolense, São Bernardo, Água Santa e Sertãozinho lutam pela volta. Taubaté e Votuporanguense, que há anos não frequentam a elite, também estão no páreo. Entre os duelos interessantes, tem Portuguesa x Portuguesa Santista, na quarta rodada; Santo André x São Bernardo, na nona rodada e o clássico Juve-Nal, entre Juventus e Nacional, na última rodada classificatória. Os oito primeiros avançam e aí o bicho pega com quartas de final, semifinal e final, sempre em ida e volta. A tabela completa da Série A2 está aqui.

Na Série A3, poderíamos ter, de forma real, Mogi Mirim e Esportiva. O Sapão caiu para a Bezinha e o Coelho não conseguiu o acesso. Feito que ficou com o Primavera e o Comercial, algumas das novidades na A3 de 2019. Batatais e o Grêmio Osasco Audax (sim, o vice da A1 de 2016) caíram da A2 de 2017. Entre os clubes que estiveram na A1 nos anos 2000, camisas como Rio Preto, Capivariano, Monte Azul e Noroeste. O EC São Bernardo sobreviveu à guilhotina de 2017 e, diferente do Manthiqueira, que havia subido junto, em 2016, terá nova chance na A3. Há ainda o Grêmio Osasco, que protagonizará um inédito dérbi com o rival menos tradicional e mais glamouroso. Também na luta pelo acesso, Olímpia, Taboão da Serra, Desportivo Brasil, São Carlos, Velo Clube e Barretos. A primeira rodada será no final de semana do dia 20 de janeiro e a última no dia 31 de março. Os oito primeiros avançam e as quartas de final, semifinal e final rolam em ida e volta. Assim como na A2, apenas dois clubes sobem de série. A tabela completa da Série A3 está aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *