A Baixa Mogiana nos 89 anos de São Paulo FC

Compartilha!!!

O São Paulo Futebol Clube completa nesta sexta-feira, dia 25 de janeiro, 89 anos de história. Até dezembro de 2018, 1434 jogadores vestiram a camisa são-paulina ao menos uma vez. Entre os maiores nomes desta vasta história, cinco homens nasceram aqui, na Baixa Mogiana.

Considerado um dos mais brilhantes zagueiros de todos os tempos, Hideraldo Luiz Bellini nasceu em Itapira no mesmo ano em que o São Paulo foi fundado: 1930. Já campeão mundial com a Seleção Brasileira, chegou ao Morumbi em 1962, disputando 205 partidas até 1967.

Contemporâneo de Bellini no Tricolor, um dos maiores artilheiros da história do clube nasceu em Mogi Guaçu. Babá Caveanha defendeu as cores do Atlético Guaçuano e do Guarani, mas, foi no São Paulo onde brilhou. Considerado um dos principais atacantes do clube na década de 60, Babá é o 20º maior goleador do ‘Time da Fé’, com 94 tentos em 211 jogos disputados.

O ex-atacante ainda é o 14º maior artilheiro da história do estádio do Morumbi entre os são-paulinos, com 35 gols marcados em 64 partidas. Foi o máximo artilheiro do time em três temporadas: 1966 (21 gols), 1967 (24 gols) e 1968 (20 gols). No ranking de atletas que mais vezes foram artilheiros do São Paulo em um ano, Babá é o sexto, atrás apenas de Serginho Chulapa (7 vezes), Careca (4), França (4), Raí (4) e Luís Fabiano (4). No total, 39 clubes diferentes sofreram gols de Babá com a camisa tricolor, mas, ele era mesmo um terror para os arquirrivais, que sofreram, juntos, 15 gols do guaçuano.

Também nascido em Mogi Guaçu, em 31 de março de 1949, o ex-zagueiro Samuel Arruda defendeu o São Paulo em 104 partidas, com 54 vitórias, 37 empates e 13 derrotas. Foi contratado junto à Ponte Preta em 1971 e deixou o clube em janeiro de 1976, acumulando um título paulista (1975) e um vice da Libertadores (1974). Outro guaçuano que defendeu o Tricolor foi Humberto Suzigan, que jogou no clube entre 1983 e 1984. Suzigan fez 57 jogos com a camisa tricolor, conquistando 25 vitórias, 24 empates e sofrendo apenas oito derrotas. Marcou quatro gols.

O caso mais recente foi do ex-lateral Vitor, que foi profissionalizado no São Paulo e defendeu o clube na primeira metade da década de 1990. Nascido no bairro Itacolomy, em Mogi Guaçu, estreou pelo São Paulo no dia 4 de novembro de 1990, na vitória de 2 a 1 do Tricolor sobre o Cruzeiro, no Mineirão.

Viveu a fase mais áurea da agremiação, conquistando o Mundial de Clubes em 1993, a Libertadores em 1992 e 1993, o Brasileiro em 1991, Paulista em 1991 e 1992, além da Recopa e da Copa Conmebol em 1994. Seu último jogo pelo São Paulo foi em 17 de março de 1996, quando os são-paulinos perderam por 2 a 1 para a Portuguesa, no estádio Limeirão.

Estes são os números dos atletas que nasceram aqui na região e atuaram profissionalmente pelo São Paulo FC com maior destaque. Você conhece mais ex-atletas que também são da Baixa Mogiana e jogaram no time principal do Tricolor? E os que atuaram na base? Deixe o seu comentário em nossa postagem no Facebook e nos ajude a manter viva a história dos esportistas da nossa região! 

Post Author: Lucas Valério

Avatar