Últimos acertos para o torneio de natação em Mogi

No dia 30 de março, Mogi Mirim sediará pela primeira vez em sua história uma competição oficial de natação organizada pela FAP (Federação Aquática Paulista). O Torneio Regional Petiz a Sênior, que reunirá atletas da 2ª Região da entidade, acontecerá no Clube Mogiano. O evento ocorre por meio de parceria da Academia Free Play, que representa há anos a cidade na modalidade, com o Recanto e a Prefeitura Municipal, através da Sejel (Secretaria de Esporte Juventude e Lazer).

A competição integra o calendário oficial de atividades pelos 250 anos de Mogi Mirim, que serão completados no dia 22 de outubro. Para a competição, a Free Play deve contar com força máxima e todos os 24 atletas do atual elenco inscritos. Entre eles, estão associados do clube. Caio Francatto Laudares, Gustavo Francatto Silva, Lívia Vicensotti, Márcio Gonçalves e os irmãos Gabriel e Pedro Mello de Araújo, Bárbara e Murilo Cecato Barboza e Conrado e Tomas Coradi Lino. O técnico, Ricardo Antônio Martiniano também é sócio do Recanto.

Eles estarão em completamente em casa para a competição. “Competir em casa, principalmente pela primeira vez, significa ter o apoio da sua cidade durante as provas e o apoio da família, que, muitas vezes, não consegue viajar para outras cidades. Certamente é um incentivo a mais na hora de competir”, afirmou Lívia. Já para Caio, que há oito anos participa de torneios e jamais teve a chance de nadar em uma prova em Mogi, o significado é superior ao de uma simples disputa.

“Quando era menor, sempre me perguntava o porque que não havia campeonatos em Mogi Mirim. Sempre sonhei em representar a minha cidade desde pequeno e hoje posso dizer que vou representá-la em um campeonato em casa, em que todos de Mogi Mirim poderão assistir o empenho da Academia Free Play pela cidade, sempre colocando o nome de Mogi mirim no topo”. Para ele, competir em casa, onde já conhece, treina todos os dias e ainda por cima é associado e frequenta-o é algo significante na vida do atleta. “Ainda mais das nossas vidas, de nós que somos de uma cidade pequena. É muito gratificante conseguirmos ser a sede de um torneio”.