59 medalhas no histórico 1º torneio de Mogi Mirim

A Free Play/Sejel viveu um final de semana fora do comum. Pela primeira vez, a equipe mogimiriana participou de um campeonato organizado pela Federação Aquática Paulista (FAP) em Mogi Mirim. No sábado, dia 30 de março, o Clube Mogiano foi o palco do Torneio Regional Petiz a Sênior, que reuniu 427 atletas de 19 entidades da 2ª Região. Com a piscina homologada no começo deste ano, o Recanto obteve o primeiro passo para se tornar uma dos palcos fixos da natação paulista. A competição integra as comemorações oficiais de Mogi Mirim pelos seus 250 anos e da Academia Free Play que, em outubro, vai celebrar 25 anos.

Na cerimônia de abertura estiverem presentes, entre outros, o prefeito de Mogi Mirim, Carlos Nelson Bueno, o presidente da FAP, Marcelo Biazoli, o presidente do Clube Mogiano, Fernando Zeni, o diretor de esportes do Clube Mogiano, Maurício Tavares, o coordenador da equipe Free Play/Sejel, Ricardo Antônio Martiniano, o chefe de Gabinete da Prefeitura de Mogi Mirim, Guto Urbini, o secretário de Esporte Juventude e Lazer, Osvaldo Dovigo e a presidente da Comissão das Comemorações pelos 250 anos de Mogi Mirim, Flávia Rossi.

A Free Play disputou 125 provas individuais e conquistou 59 medalhas, sendo 31 de ouro, 20 de prata e oito de bronze. Na soma com as medalhas registradas no dia 16 de março, em Limeira, a equipe mogimiriana chegou a exatas 100 medalhas em torneios regionais na temporada. Na categoria petiz, a Free Play conquistou quatro medalhas, todas na petiz 1, com Lucas Morari Donegá, que faturou quatro ouros. Ele venceu os 200 e 400 metros medley, os 100 metros livres e os 100 metros borboleta. Ana Luiza Pelincer Brittes ficou com a sexta posição nos 50 livres e a 12ª nos 100 metros livres.

Na petiz 2, Gabriel Longatto Pacchioni obteve o quarto lugar nos 200 medley, o sétimo nos 200 livres, o 10º nos 50 metros livres. Na mesma prova, Davi José Bertuolo Vitoreti foi o 12º colocado. Victória dos Santos Marcondes ficou com a nona colocação nos 100 metros livres, mesmo prova em que Isadora Congentino Nicolini foi a 12ª. Victória ainda foi a sétima nos 100 borboleta, 10º nos 50 metros livres. Na mesma prova, Isadora foi a 11ª colocada.

Na categoria infantil, a equipe teve atletas apenas na infantil 2 e alcançou quatro medalhas, com destaque para Gabriel Rodrigues de Mello Araújo, que foi ouro nos 200 e 1.500 livres e nos 200 peito e bronze nos 400 livres. Ele ainda foi o quarto nos 200 medley. Lucas Sabino Guilherme ficou com a quarta posição nos 200 borboleta, a sexta nos 100 borboleta, 11ª nos 200 medley e 15º nos 50 livres. Melissa D’Orazio de Almeida foi a 10ª colocada nos 50 livres e a 12ª nos 100 livres. Joaquim Marques Bassinello obteve o sétimo lugar nos 100 borboleta, o 10º nos 50 livres e o 15º lugar nos 100 livres. Artur Luiz Alvarenga de Oliveira chegou em 17º nos 50 livres e em 22º nos 100 metros livres.

Na juvenil, foram 21 medalhas. Atleta da juvenil 1, Mellory Keith Garcia chegou seis vezes ao pódio. Ela foi a campeã nos 50 livres, nos 100 metros livres, nos 100 borboleta, nos 100 metros peito (com direito a dobradinha com Isadora Cristina Serafim) e nos 200 peito e ainda prata nos 200 livres.

Daniel de Oliveira Silva ganhou o ouro nos 100 e 200 borboleta, a prata nos 1.500 livres, foi o quarto nos 200 livres e o quinto nos 50 livres. Lívia Vicensotti foi ouro nos 400 medley, bronze nos 200 borboleta e a quarta colocada nos 200 medley e nos 100 borboleta. Leonardo Toledo Adorno ganhou a prata nos 100 borboleta, o bronze nos 200 metros medley, foi o quarto nos 50 livres e o oitavo nos 100 livres. Além da prata nos 100 peito, Isadora Cristina Serafim alcançou o quarto lugar nos 100 metros livres. Luiz Carlos da Silva Bordinhão terminou em 18º nos 100 livres e Davi Hoffmann de Lima chegou em quinto nos 200 metros peito, em 13º nos 50 livres e em 17º nos 200 livres.

No total, a juvenil 1 teve oito ouros, quatro pratas e dois bronzes. Na juvenil 2, foram três medalhas douradas e quatro de prata. Caio Francatto Laudares foi ouro nos 400 medley, prata nos 200 costas, 200 peito e 200 medley e sétimo nos 100 borboleta. Breno Baumann Poli ficou com o ouro nos 100 borboleta e nos 200 livres, com a prata nos 50 livres e chegou em quarto lugar nos 100 livres. Pedro Augusto Rodrigues de Mello Araújo terminou em quarto nos 200 borboleta, em quinto nos 100 borboleta, em sexto nos 50 e nos 100 livres.

José Augusto Guarnieri Coser ficou em quarto lugar nos 800 livres, em 10º nos 400 livres e em 13º nos 200 livres. Victor Vitório de Oliveira Murillo foi o sexto nos 800 livres, o 11º nos 400 livres, o 12º nos 200 livres e o 13º nos 200 medley. Beatriz Aparecida Montagnoli fechou em quarto nos 50 livres e em sexto lugar nos 100 livres. Samuel Ferla Iamarino ficou com a sexta posição nos 100 peito, a nona nos 200 livres e nos 200 peito, a 11ª nos 100 livres e a 13ª nos 50 livres.

Na júnior, a equipe contou com três atletas. A equipe somou oito medalhas, sendo dois ouros, quatro pratas e dois bronzes. Na júnior 1, foram dois ouros, três pratas e um bronze e na júnior 2 foram uma prata e um bronze. Gustavo Francatto Silva chegou em primeiro lugar nos 800 e nos 1.500 livres e em quarto nos 200 e 400 livres. Sílvio Rafael da Silva Júnior ganhou a prata nos 50, 100 e nos 200 peito, o bronze nos 200 costas. Na júnior 2, Vinicius Chaves de Campos foi o segundo colocado nos 200 medley, o terceiro nos 50 borboleta, o quarto nos 100 borboleta e o sexto nos 50 livres.

A equipe ainda disputou 28 provas na categoria sênior. Destaque para os 200 metros medley, que terminou com o pódio fechado por atletas da Free Play. Conrado foi o campeão, Yuri Tosta o segundo colocado e Murilo Cecato Barbosa o terceiro. Conrado Coradi Lino ainda foi ouro nos 100 livres e nos 400 medley e prata nos 100 borboleta. Tatiana Zago Adorno também teve destaque. Ela foi ouro nos 50 e nos 100 livres e também nos 50 e nos 100 costas. Bárbara Cecato Barboza ganhou a medalha de ouro nos 400 e nos 1.500 livres, nos 200 borboleta e 400 medley e ainda bronze nos 200 peito.

Tomas Coradi Lino ficou com a prata nos 100 livres, o bronze nos 50 costas e o quarto lugar nos 50 metros borboleta e nos 100 costas. Yuri Tosta, em seu retorno oficial à equipe, ganhou a prata nos 200 medley, foi o quarto colocado nos 50 costas e nos 50 livres e quinto nos 100 costas.  Murilo Cecato Barboza foi prata nos 50, 100 e 200 peito e bronze nos 200 medley. Márcio Eduardo Godoy Gonçalves foi o 10º colocado nos 50 e nos 100 livres. Já Fernando Proni Duran terminou em 11º nos 50 livres. Para fechar, na categoria multiclasses absoluto, Roberta Congentino foi prata nos 50 e nos 100 metros livres.

O próximo compromisso da Free Play/Sejel será a Seletiva para o Troféu Kim Mollo, agendada para o dia 21 de abril, no Nosso Clube, em Limeira. O trabalho da Free Play é desenvolvido com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Mogi Mirim, Colégio Conectado, Gonçalves Avenida Society, Ótica Líder, Sucos Alvorada, Tradibom e VSwim e apoio do Laboratório 22 de Outubro e da Clínica Vitallis.

Next Post

Na folga do líder, a briga é pela aproximação

sex abr 5 , 2019
No sábado, dia 6 de abril, acontece a quarta rodada da Copa Sub23 de Futebol de Campo de Mogi Mirim. Líder com nove pontos em três rodadas, o Nova Aliança está de folga. Com apenas um time em condições de ultrapassá-lo, a briga principal é pela aproximação. O Fúria, vice-líder, […]