Esportiva x União: Começa a batalha pelo acesso

Começa neste sábado, dia 6 de abril, a saga da Sociedade Esportiva Itapirense em busca do acesso para a Série A3. A Vermelhinha disputa a primeira fase da Segunda Divisão do Campeonato Paulista no Grupo 3, ao lado de União Barbarense, Rio Branco de Americana, Brasilis de Águas de Lindoia, Jaguariúna, Independente de Limeira e XV de Jaú.

A estreia será diante do União Barbarense, em partida agendada para as 15h00, no estádio Chico Vieira, em Itapira. Os ingressos para o confronto estão à venda desde o começo da semana na sede do clube. Vale destacar que quem é sócio-torcedor ‘Coelho Forte’ não paga. O valor dos bilhetes é de R$10. Mulheres pagam R$ 5 e crianças menores de 10 anos têm gratuidade no acesso ao estádio.

Para a partida o técnico Luiz Muller deve escalar a equipe com Hugo; Alexsandro, Xavier, Zé Junior e Luiz Eduardo; Gabriel Batistuta, Bruno Campos, Vinicius Rocha e Danilo Batista; Robinho e Danilo Lima. Desta formação, cinco atletas já vestiram a camisa da Vermelhinha em partidas profissionais. Robinho, o único itapirense nato na lista, jogou a Série A3 de 2016. Alexsandro, Luiz Eduardo, Gabriel Batistuta e Danilo Lima estão no clube desde 2017.

A equipe chega à competição com um cartel de quatro vitórias e um empate na fase de preparação. O Coelho venceu o sub23 do Palmeiras, por 4 a 2, no Chico Vieira; fez 2 a 1 diante do Velo Clube, em Rio Claro, superou a Inter de Limeira por 3 a 1, na casa do rival e ganhou do Amparo, único rival que também está na Bezinha, por 1 a 0, em Itapira. Em São Paulo (SP), a Vermelhinha ainda empatou em 1 a 1 com o sub23 do Corinthians.

Ingressos custam R$ 10 a inteira. Mulheres pagam apenas R$ 5 e crianças menores de 10 anos não pagam | Foto: Léo Santos

ELENCO DA SOCIEDADE ESPORTIVA ITAPIRENSE

GOLEIROS

Maranhão
Hugo
Gabriel Luiz
Kinzel

ZAGUEIROS

Luan Vasconcelos
Thawan
Xavier
Zé Júnior

LATERAIS

Nathan
Rocha
Luiz Eduardo
Paulo Cavalcante

VOLANTES

Gabriel Batistuta
Lucas Gonçalves
Bruno Campos
Gabriel Silva

MEIAS

Matheus Bueno
Danilo Batista
Alexsandro Santana

ATACANTES

Danilo Lima
Guilherme Sussai
Wendel
Robinho
Alisson Mosquito

A PALAVRA DO PROFESSOR
Luiz Muller, técnico da Sociedade Esportiva Itapirense

Eu avalio a nossa preparação como muito boa. Nós fizemos uma pré-temporada com fases bem definidas. Começamos com uma ênfase maior na parte física para todo mundo tentar chegar em um patamar igual. Fomos evoluindo até chegar na fase de amistosos, em que a gente enfrentou vários tipos de dificuldades ,e com certeza, a gente teve proveito em todas elas, com várias situações. Enfrentando times muitas vezes superiores tecnicamente e tendo algumas dificuldades, principalmente de posicionamento defensivo e era essa a intenção em um primeiro momento, para que a gente pudesse ajustar esta questão defensiva. A gente sempre pensa em primeiro ajustar a cozinha, para depois ir ajustando lá na frente e culminando com o jogo-treino na última sexta, contra o Amparo, que é um time da divisão, em que a gente teve já uma noção do que a gente vai começar a enfrentar neste sábado. Todos estes jogos-treinos foram de valia para se adaptar a alguns fatores e a gente espera que a gente tenha aproveitado bem tudo isso e possa aí. É lógico que a pré-temporada continua por mais uma das duas semanas, ainda mais com um campeonato em que se joga apenas uma vez por semana. Dá para a gente prolongar um pouco mais isso e esperamos que comece, apesar de com certeza não estar 100%, a diminuir a questão de adaptação e erros que, em um começo de temporada, é normal. Os erros de posicionamento, por ser uma equipe nova, sendo formada apenas há 40, 50 dias. Espero estarmos rapidamente se adaptando e poder estrear da melhor maneira possível, com uma vitória.

PREPARAÇÃO FÍSICA

A condição física é uma das mais importantes no início de uma temporada. Para o preparador físico da Esportiva, Cristiano Vieira, o elenco chega em um bom patamar para a estreia. O profissional vê os atletas em 60% das condições físicas, número considerado bom para uma pré-temporada. Segundo Vieira, os jogadores completarão a carga ao longo da sequência da temporada e a expectativa é chegar forte para a reta final da competição.

“Nossa pré-temporada foi muito proveitosa, fizemos todas as avaliações possíveis e estamos em um nível muito bom para estrear na competição. Queremos estrear mais ou menos com 60% da nossa capacidade, porque nosso objetivo de completar os 100% é lá na frente para a fase do mata-mata e para chegarmos aos 100% ainda temos a competição inteira pela frente. Os meninos chegaram em uma condição legal e estamos confiantes no nosso trabalho”, explicou.

Ainda segundo o profissional da comissão técnica da Itapirense, os comandados do treinador Luiz Muller passaram por todos os processos de análise e avaliações para estarem nas melhores condições para esta estreia. Cristiano Vieira vê a equipe em evolução e se diz confiante na equipe.

“Aqueles que estiveram com a gente desde o início do trabalho vêm mostrando que estão ganhando força, ganhando resistência e todos os aspectos direcionados à parte física. As valências estão legais, trabalho de academia também está sendo muito proveitoso. Então estamos na expectativa de fazer uma boa estreia e sair com os três pontos no sábado dentro de casa”, completou.

A Vermelhinha fez amistosos na pré-temporada e não perdeu nenhum | Foto: Divulgação

NO UNIÃO

Rival da estreia, o União Barbarense caiu na Série A3 de 2018. O campeão da Série C do Brasileiro de 2005 vive, assim como outros tradicionais clubes interioranos, fase complicada. Nesta semana, seu estádio, o Antônio Guimarães, foi colocado em leilão judicial. O time unionista é treinado por Denis Augusto, que assume um time profissional pela primeira vez na carreira.

Na manhã desta sexta-feira, dia 5 de abril, o grupo realizou a última atividade antes de encarar a Vermelhinha. Foi um treinamento integrado com bola parada, cobrança de faltas e recreativo, para encerrar a preparação para estreia na Segunda Divisão do Paulista. Após a atividade, o grupo entrou em regime de concentração nos alojamentos do clube.

Durante a semana, a equipe viveu a expectativa pela regularização dos três paraguaios titulares no período de treinos: Martínez, Herrero e Ramírez. Eles dependiam de liberação do BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e não tiveram a situação regularizada a tempo. Com isso, o Leão da 13 deve ir a campo contra a Esportiva com Daniel; Eliandro, João Gabriel e Moraes; Rodolfo, Léo Iseppe, Luis Antônio e Juninho; Dan Dan e Matheus Café (Brendon).

MAIS RIVAIS

Grande rival do clube de Santa Bárbara d’Oeste, o Rio Branco também sofreu o descenso no ano passado. Um dos mais tradicionais escudos de São Paulo, o Tigre será comandado por Raphael Pereira, que integra o quadro de funcionários fixos do clube e, em 2018, treinou o Alvinegro no Paulista Sub17. O auxiliar é Tony Ferreira, que já foi técnico interino e treinador de goleiros da Esportiva.  No XV de Jaú, muitos conhecidos dos itapirenses. O clube firmou parceria com a Head Soccer, empresa do colombiano Juan Isaza, que foi co-gestora da Vermelhinha até janeiro deste ano. O diretor de futebol é Careca Paiva, que teve função semelhante no Coelho e o técnico é China, que comandou o time de Itapira no início da Bezinha de 2018. No elenco, destaque para o atacante Neider Batalla, artilheiro da Vermelhinha no ano passado.

Há ainda três times que enfrentaram a Esportiva na primeira fase da Bezinha de 2018. O Jaguariúna será comandado por Caio Couto, campeão do Brasileiro Feminino em 2017, pelo Santos. Já o Independente de Limeira, que completa 45 anos em 2019, será comandado por Jorge Parraga, ex-jogador do Palmeiras e ex-técnico do Atlético Guaçuano. Em 11 jogos-treinos na pré-temporada, o Galo venceu cinco, perdeu quatro e empatou dois. Fechando a lista, o Brasilis, de Águas de Lindóia, terá Juarez Leite, que já acumula passagens pelo clube, como treinador para a temporada 2019.

Next Post

Society: Caneco entre Nova Aliança e Victória

sáb abr 6 , 2019
Enquanto a Série A da Copa Mogi Mirim não começa, a cidade respira outras competições. No domingo, dia 7 de abril, acontece a final da Copa Grandini Imobiliária de Futebol Society. A decisão reúne as equipes do Nova Aliança e do Victória/Açaí e acontecerá a partir das 9h30, no campo […]