Brasileirão já terá novas regras na edição 2019

Compartilha!!!

O ex-árbitro Leonardo Gaciba, novo chefe da Comissão de arbitragem da CBF, revelou que as novas regras do International Board, responsável por gerir o regulamento do futebol, já entrarão em vigor a partir da primeira rodada do Brasileirão 2019. Enquanto isso, nos outros países, elas são serão aplicadas em junho. De acordo com Gaciba, a decisão de começar a utilização das novas regras do futebol na estreia do Brasileirão é para evitar injustiça de uma mudança durante a competição.

“As novas regras da International Board vão ser aplicadas desde a primeira rodada das quatro séries do Campeonato Brasileiro. Vamos adotar as regras antes de 1º de junho para evitar incorrer no risco de punir os treinadores de forma desigual. Vale lembrar que os cartões são critério de desempate também”, disse o ex-árbitro em entrevista ao Fox Sports.

POSICIONAMENTO DOS GOLEIROS NOS PÊNALTIS

Atualmente, nas cobranças de penalidades os goleiros são obrigados a manter os dois pés sobre a linha no momento da batida. Com a alteração, ele terá obrigatoriedade de deixar apenas um pé na marca, podendo assim adquirir um maior impulso para praticar a defesa.

MÃO NA BOLA

Se até o momento as jogadas necessitam da interpretação do árbitro para analisar se houve a intenção ou não do jogador, a partir de agora qualquer jogada real de gol que tenha o toque de mão será imediatamente invalidada.

CARTÕES PARA TÉCNICOS

Com a nova regra, os técnicos agora também podem receber cartões amarelos como advertência e não mais o vermelho direto.

SAÍDA IMEDIATA NA SUBSTITUIÇÃO

Os atletas que forem substituídos terão a obrigatoriedade de sair pela linha do gramado da qual estiverem mais próximos. A medida visa diminuir a “cera” feita por muitos jogadores, que às vezes cruzam todo o campo para ir para o banco, atrasando o decorrer da partida.

TIROS DE META

Além das penalidades, outra mudança da IFAB favorecerá os goleiros. Nos tiros de meta, não será mais obrigatório que a bola saía da área para que outro companheiro toque nela. Agora a saída de jogo poderá ser feita de forma curta dentro da área.

BOLA AO CHÃO

Toda vez que a bola tocar no árbitro da partida, o mesmo é obrigado a interromper a disputa e recomeçar o jogo com bola ao chão.Se até o momento as jogadas necessitam da interpretação do árbitro para analisar se houve a intenção ou não do jogador, a partir de agora qualquer jogada real de gol que tenha o toque de mão será imediatamente invalidada.

CARTÕES PARA TÉCNICOS

Com a nova regra, os técnicos agora também podem receber cartões amarelos como advertência e não mais o vermelho direto.

Post Author: Lucas Valério

Avatar