Itapirense vai à Bolívia de olho no índice para o Mundial

O itapirense Tiago da Silva segue em busca da sonhada vaga no salto em distância nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Porém, antes de chegar ao Japão, o atleta tem outras escalas no percurso. No dia 26 de abril, ele disputará o Grand Prix Sulamericano ‘Mario Paz’, em Cochabamba, na Bolívia. A competição será no Centro de Formação e Treinamento Deportivo (em espanhol, a sigla é CEFED).

Tratado como um dos campeonatos mais importantes do atletismo no continente em 2019. Serão mais de 100 atletas de cinco países diferentes. O competidor chegará à altitude de Cochabamba (a 2.560 metros acima do nível do mar) nesta quarta-feira, dia 24 e ficará hospedado nas modernas instalações do CEFED.

Para Tiago, a competição valerá a briga por um lugar no Campeonato Mundial de Atletismo de Doha, no Qatar, agendado para ocorrer entre 27 de setembro e 6 de outubro. O índice para o Mundial é de 8,17 metros. Para os Jogos Olímpicos, a marca atual precisa ser e 8,22 metros e, para os Jogos Panamericanos deste ano, que acontecerão em Lima, no Peru, é de 7,90 metros.

Em entrevista ao GRANDE JOGADA, o itapirense explicou que, no começo deste ano, sofreu uma lesão no tendão patelar direito, que o tirou do ritmo forte nos treinamentos. Mesmo assim, já saltou para 7,71 metros, quando foi campeão do Grand Prix Sulamericano realizado na Argentina. “Surgiu esta competição na Bolívia, em que vai estar meus principais adversários pela vagas na Seleção. Eu e meu treinador, o Nélio, resolvemos focar nessa competição e chegar forte lá”, destacou.

Depois da Bolívia, ele retornará a São Paulo, para os treinos, esperando estar com o índice feito para continuar com o trabalho. “Estou otimista pois, estou treinando muito forte para isso. Ainda mais agora com a Planta Ação do meu lado me ajudando, para que o objetivo fique mais perto de ser alcançado”, afirmou, citando a empresa itapirense, sua nova parceira. Nascido em Itapira, Tiago estudou na EE Antonio Caio, iniciou a carreira com treinadores locais e chegou a treinar com estrelas, como a campeã olímpica Mauren Maggi. Agora, o sonho é seguir passo a passo. Ou, salto a salto. Rumo à Bolívia, a Doha e a Tóquio!

Next Post

Free Play fecha participação no Maria Lenk

ter abr 23 , 2019
A equipe de natação de Mogi Mirim, Free Play/Sejel, encerrou no sábado, dia 20 de abril, a sua participação no Troféu Brasil Maria Lenk. A competição foi realizada entre os dias 16 e 21 deste mês, no Parque Aquático Maria Lenk, que faz parte do Complexo Esportivo Cidade dos Esportes, […]