Esportiva 0 x 1 Rio Branco: Derrota antes da folga

Dois jogos em casa e apenas um ponto conquistado. A série que poderia implicar em ascensão na Segunda Divisão do Paulista, termina com um clima de incerteza. Nesta quarta-feira, dia 1º de maio, a Esportiva Itapirense perdeu por 1 a 0 para o Rio Branco de Americana e fechou a quinta rodada da Bezinha na quinta colocação. Ou seja, fora do G4, a zona de classificação para a segunda fase. O gol do Tigre foi anotado aos 39 do segundo tempo, pelo atacante Braga.

O JOGO

A Esportiva foi a campo com uma alteração em relação ao time que, no sábado, havia empatado em 3 a 3 com o XV de Jaú. O volante Lucas entrou na zaga do capitão Bruno Campos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Na etapa inicial, um duelo morno demais. Os dois times erravam muitos passes e o jogo, já truncado pela forte marcação, ficou em baixo nível. O Rio Branco ainda criou uma boa chance, aos 12 minutos, com o atacante Lucas Duni, que driblou o goleiro Hugo e viu o chute ser interceptado, encima da linha, pelo zagueiro Zé Júnior.

A Esportiva deu a resposta aos 18, após jogada ensaiada em cobrança de falta. Nathan bateu mal e, no bate-rebate, por duas vezes o Coelho perdeu a chance de abrir o placar. Só aos 43 a Vermelhinha voltou a assustar. Após escanteio rasteiro de Alisson Mosquito para Danilo Lima, o camisa 9 chutou e o goleiro Alan defendeu.

Na etapa final, um revezamento de domínio. Nos primeiros minutos, deu mais Rio Branco. Aos 5, após cruzamento da direita, Lucas Duni ajeitou de cabeça e Thiago bateu para fora. Cinco minutos depois, Xavier saiu muito mal, Lucas Duni ficou cara a cara como goleiro e parou em defesaça de Hugo. Depois, a Esportiva respondeu. No minuto seguinte, Mosquito entrou bem, cortou para a direita e bateu forte. O goleiro pegou e no rebote Danilo dividiu com a zaga. Mosquito ainda pegou o rebote e chutou encima da defesa.

Aos 16, Robinho, que entrara na vaga de Mosquito, chutou de fora da área, por cima do gol. Aí foi a vez do Tigre voltar a apertar. Aos 19, Hugo errou após escanteio e Thiago chutou encima de Xavier. Dois minutos depois, Lucas Duni chutou de fora da área, de longe e assustou o goleiro da Vermelhinha. A pressão do Rio Branco chamava a atenção. E o técnico Raphael Pereira mantinha o time encima. Braga entrou no lugar de Eliu e deu mais profundidade ao time de Americana. As 25, ele teve boa chance, em lance que mostrava o caminho da vitória para o Rio Branco. Após lançamento da esquerda nas costas da zaga, Braga chutou, livre e perdeu oportunidade maiúscula.

Danilo Lima teve poucas oportunidades de gol durante o jogo | Foto: Léo Santos

O Tigre dominava, mas, de forma súbita, caiu de produção. Foi a vez da Esportiva criar as melhores chances. Aos 27, Robinho fez jogadaça pela esquerda. Deu um lindo drible em Patrick, dividiu firme com o zagueiro e foi para a linha de fundo. De esquerda, cruzou forte, o goleiro desviou e Danilo, quase encima da linha, desviou na trave. Três minutos depois, em jogada que nasceu com Robinho, Du fintou o marcador e mandou na área. Danilinho brigou pelo alto e a bola quase ficou com Danilo. No minuto seguinte, após cruzamento da direita de Nathan, Alan Júnior desviou no primeiro pau e Alan salvou o Tigre.

As boas chances davam confiança à Esportiva que, aos 36 minutos, fez jogada bem costurada desde a defesa. No começo do lance, teve um pouco de sorte e raça, mas, a posse seguiu com o time, após invertida de Danilinho para Robinho, na esquerda. O camisa 16 trocou passes, que passou por Du, Danilinho e chegou a Nathan na direita. O lateral cruzou e Patrick cortou antes de Robinho, livre, cutucar para a rede. O gol da Vermelhinha parecia maduro, mas, na alternância que marcou a etapa final, o Rio Branco voltou a crescer minutos depois e foi, finalmente, eficiente.

Aos 39, Robinho tentou drible pela direita e perdeu a bola. Rafael Cursini fez lançamento magistral, de trás do meio campo e, com falha da zaga, sem tempo de bola, Braga saiu na cara de Hugo. Desta vez, teve calma e, na saída do goleiro itapirense fez o gol da vitória do Rio Branco. A Esportiva ainda tentou o empate e teve boa chance aos 43, quando Nathan cruzou e Robinho tocou de cabeça, perto do travessão. Porém, foi o Rio Branco mesmo quem venceu, complicando a vida da Vermelhinha na competição.

CLASSIFICAÇÃO

Ainda pela quinta rodada do Grupo 3, o XV de Jaú venceu o Jaguariúna por 3 a 1, em Jaú e o Independente, em Santa Bárbara d’Oeste, venceu o União Barbarense por 3 a 1. Com os resultados, o G4 ficou com Rio Branco (10 pontos), XV de Jaú (8), Independente (7) e Brasilis (6). A Esportiva, que caiu uma posição, aparece em quinto. Apesar da proximidade do G4, um dos problemas da Vermelhinha é que o clube fez mais partidas que os quatro times que estão acima dela na tabela. A folga do Coelho será neste final de semana, em rodada que pode determinar a ampliação dos rivais na ponta da tabela. A Esportiva também já fez três jogos em casa e dois fora, e, com cinco pontos perdidos no Chico Vieira, terá que correr em busca de pontuação nas partidas como visitante.

TABU QUEBRADO

O Rio Branco nunca havia vencido a Esportiva em Itapira. Em 2008, pela Copa Paulista, no único duelo entre os clubes no Chico Vieira, a Vermelhinha venceu por 4 a 1. O Tigre também fez um jogo em Itapira no amadorismo. Em 1959, pelo Torneio da Amizade da temporada de 1958, a Esportiva venceu por 2 a 0, em jogo realizado no antigo estádio Chico Vieira, localizado, à época, no Parque Juca Mulato. Ainda pelo Torneio da Amizade, o Coelho venceu o Tigre por 2 a 1 em Nova Odessa, em jogo com mando do Rio Branco. Na Copa Paulista de 2008, o Tigre venceu por 1 a 0, em Americana. Ainda no Décio Vitta, outros dois jogos na ‘Era Profissional’. Em 2012, pela Série A2, empataram em 0 a 0 e, em 2014, pela Série A2, o Rio Branco venceu por 3 a 0.

RETORNO

O retorno da Esportiva Itapirense será apenas no dia 12 de maio, quando visitará o Independente, em Limeira. No sábado, dia 4 de maio, o União Barbarense encara o XV de Jaú, às 16h00, em Santa Bárbara. Já no domingo, dia 5, às 10h00, tem Jaguariúna x Brasilis e Rio Branco x Independente.

FICHA TÉCNICA – ESPORTIVA ITAPIRENSE 0 X 1 RIO BRANCO
5ª rodada da Segunda Divisão do Campeonato Paulista Sub23.
Estádio Coronel Chico Vieira, em Itapira. 01/05/2019

Esportiva: Hugo; Nathan, Xavier, Zé Júnior (Luan) e Du; Lucas, Alan Oliveira, Danilinho e Alan Júnior (Hadrian); Alisson Mosquito (Robinho) e Danilo Lima. Técnico: Luiz Müller.
Rio Branco: Alan; Patrik, Crepaldi, William e Leandro; Kayo, Léo, Rafael Cursino e Eliu (Braga); Thiago (Mauro) e Lucas Duni (Alê): Técnico: Raphael Pereira.
Gol: Braga aos 39 minutos do segundo tempo (Rio Branco)
Cartões amarelos: Nathan e Du (Esportiva)
Cartões vermelhos: Robinho (Esportiva). Mauro (Rio Branco).
Árbitro: Júnior César Lossávaro. Auxiliares: Fernando Afonso Gonçalves De Melo e Rodrigo Meirelles Bernardo. Quatro árbitro: Andre Luis Riquena.

Next Post

Copa Mandi de Futsal de Base segue nesta quinta

qui maio 2 , 2019
A agenda está cheia para a criançada na Copa Mandi de Futsal de Base, em Mogi Guaçu. Nesta quinta-feira, dia 2 de maio, a competição tem continuidade com mais quatro partidas no ginásio de esportes Carlos Nelson Bueno (Furno), no Parque Cidade Nova. O primeiro jogo da noite será às […]