Os retrospectos nos jogos de domingo da Série A

Após uma abertura com a presença dos novos integrantes da elite, a Série A da Copa Mogi Mirim retorna neste domingo, dia 5 de maio, com os remanescentes da edição de 2018. Uma rodada com a presença de agremiações tradicionais e outras que, nos últimos anos, tem se fixado entre as principais camisa do futebol mogimiriano. Todas as partidas serão realizadas a partir das 15h30, seguindo tabela divulgada no último mês pela Lifamm (Liga de Futebol Amador de Mogi Mirim).

No Distrital Angelo Rottoli (Tucurão), a Tucurense enfrenta o Fúria. No ano passado, as equipes se encontraram duas vezes. A Veterana venceu por 2 a 1, em partida realizada no dia 5 de agosto, no Tucurão, pela primeira fase da competição. Já na segunda fase, no dia 16 de setembro, o placar foi repetido, mas com o triunfo do Fúria por 2 a 1, também no Tucurão. A Tucurense, porém, seguiu no torneio e faturou o seu 16º título na elite mogimiriana (o quarto consecutivo, um feito inédito até para ela). Eliminado na segunda fase, o Fúria foi campeão da Série C em 2016, disputou a Série B em 2017 e subiu para a Série A após a série de desistências ser repetida na elite local.

No estádio José Geraldo Solidário (Mirante), o Vila Chaib estreia diante do Nova Santa Cruz. Vice-campeão no ano passado, o Vila venceu a Série B em 2017 e segue em ascensão no cenário mogimiriano. O Nova Santa Cruz, vice-campeão da Série C em 2016, tentará, em seua segunda participação na elite, chegar pela primeira vez na segunda fase do torneio. No ano passado, Vila Chaib e Nova Santa Cruz se encontraram na terceira rodada da fase de classificação. No dia 3 de junho, no estádio Maria Paula (Vila Dias), o Vila venceu por 4 a 0.

Para fechar a rodada inicial, o Santa Cruz joga em casa, no Ismael Poletini, diante do Jardim Europa. Entre os confrontos deste final de semana, este é o mais longevo. No total são quatro partidas, com uma vitória do Santa Cruz e um empate. Após conquistar o acesso em 2015, com a quinta melhor campanha da Série B, o Europa estreou na elite em 2016. O primeiro confronto foi entre os adversários deste domingo foi no dia 5 de junho, pela terceira rodada da primeira fase. No campo do Mirante, os times empataram em 1 a 1. Em 2017, os times também se enfrentaram na terceira rodada da primeira fase e, desta vez, o empate foi em 0 a 0. Na primeira fase do ano passado, os times se encontraram na última rodada. No dia 26 de agosto, o Santa Cruz, em casa, venceu o Europa por 3 a 2. O palco foi o mesmo do duelo pela segunda rodada da segunda fase, quando os times ficaram no empate em 1 a 1.

O Santa Cruz é um dos escudos mais tradicionais da Baixa Mogiana. Na próxima quarta-feira, dia 8 de maio, a agremiação completará 65 anos de fundação. O Cruzmaltino foi campeão da Série A três vezes. Em 1984 venceu a Vila Dias na decisão. Já em 1998 e 1999 a vítima foi a Piteiras. Desde então, enfrenta um jejum incômodo e que pode completar 20 anos em 2019. A última final foi em 2012, quando perdeu para a Vila Dias. O Jardim Europa vem se consolidando entre os grandes desde a estreia. Aliás, em três participações na Série A, o clube sempre chegou, no mínimo, à semifinal, sendo vice-campeão em 2017, quando perdeu a decisão para a Tucurense.

Next Post

Vôlei: Base e Adaptado tem desafios neste sábado

qui maio 2 , 2019
Neste domingo, dia 5 de maio, o vôlei da Secretaria de Esportes e Lazer (SEL) de Itapira disputa dois jogos pela primeira fase da Copa ADR, na cidade de Rio Claro, diante dos donos da casa. A equipe infantil masculina da SEL/Itapira estreia na competição, enquanto que a categoria mirim […]