Esportiva faz confronto direto no Pradão

A Esportiva Itapirense folgou na sexta rodada e viu a tabela do Grupo 3 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista mudar de cenário. Rio Branco e XV de Jaú, com 13 e 10 pontos, respectivamente, dispararam no topo da classificação. O Independente, com sete pontos, é o terceiro colocado e concorrente mais do que direto da Vermelhinha na briga por um lugar no G4. Com cinco pontos, a Esportiva aparece na quinta posição, um ponto e um posto atrás do Brasilis.

Com a chance de vencer e assumir até mesmo a terceira posição, a Vermelhinha vai promover uma estreia neste domingo, dia 12 de maio. Luís dos Reis, técnico campeão da Segunda Divisão do Paulista Sub20, em 2018, pela Esportiva, assumiu o lugar que foi ocupado nas cinco primeiras partidas por Luiz Müller. Após treinar o Real Ariquemes no Campeonato Rondoniense e na Copa do Brasil, Reis retorna com a missão de colocar a Vermelhinha na segunda fase da Bezinha pelo segundo ano seguido.

A equipe terá o retorno do volante Bruno Campos, que cumpriu a suspensão automática diante do Rio Branco. O duelo com o Tigre de Americana foi o mais recente de uma Vermelhinha que não vence há quatro jogos e ganhou só na estreia, diante do lanterna União Barbarense.

RETROSPECTO

Esportiva e Independente de Limeira se enfrentaram cinco vezes na história. E a Vermelhinha nunca perdeu. Foram três duelos pela Série A3 e dois pela Bezinha. O primeiro encontro profissional dos clubes foi em 22 de março de 2008, pela A3, quando os times empataram em 1 a 1 no estádio Comendador Agostinho Prada (Pradão), em Limeira. Ricardinho fez o gol da Esportiva e Rafael para o Galo.

Em 2012, mais uma vez na casa do Independente, a Esportiva venceu por 2 a 1. Rodrigão, ex-atacante de Santos e Palmeiras, marcou para o Galo e Elton e Romário fizeram os tentos itapirenses. Já em 2013, o primeiro confronto entre os times no Chico Vieira terminou empatado em 2 a 2. Diogo e Robson colocaram os visitantes em vantagem ainda no primeiro tempo. Porém, com Billy e Bruninho, a Esportiva empatou na reta final da partida.

No ano passado, devido à um erro na regularização dos atletas para a primeira rodada da Bezinha, o Independente descumpriu os prazos legais e deu W.O. A vitória por 3 a 0 caiu no colo da Esportiva. No returno, em Itapira, os times mais uma vez empataram. Diogo marcou para o Independente e Kevin Cabezas, em um chutaço de fora da área, deixou tudo igual: 1 a 1. Assim, em cinco duelos, a Esportiva soma duas vitórias e três empates, com nove gols marcados e cinco sofridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *