Tradicionais, Mogi e Jaboticabal finalmente se encontram

Compartilha!!!

Mogi Mirim Esporte Clube e Jaboticabal Atlético. Quem conhece a história do futebol de São Paulo sabe que estas são duas das agremiações mais tradicionais do Estado. Neste sábado, dia 22 de junho, eles se enfrentarão em um outro nível de competição. A partir das 10h00, entram em campo pela segunda rodada da São Paulo Cup. A competição independente, organizada pela Global Scouting Football, reúne 12 agremiações sem agenda no futebol profissional de São Paulo em 2019.

Na primeira rodada, os dois times foram exatamente os protagonistas das melhores vitórias. No sábado, dia 15, o Jaboticabal venceu o Flamengo de Pirajuí por 3 a 0. No dia seguinte, em Mogi Mirim, o Sapão ganhou do Sumaré por 2 a 0. Para a partida deste final de semana, a diretoria informou que o elenco viajará no dia do jogo rumo ao estádio Antônio José da Fonseca.

A equipe do técnico Maisena deve repetir a formação que triunfou na estreia, com Júlio César; Vinicius, Felipe e Gabriel; Carlão, João, Elivelton, Luquinha e Zamai; Nicácio e Lucas. Apesar dos rumores de que o clube poderia não seguir na São Paulo Cup mesmo após a estreia, os gestores garantiram a presença do Sapo até o final da competição. Além disso, a informação é de que o clube segue em negociação com o ex-atacante Aloísio Chulapa, que seria a grande atração do Mogi para o torneio.

Sobre o confronto com o Jaboticabal, os clubes jamais se enfrentaram nos torneios da Federação Paulista. Quando o Jotão estava em alta, o Sapo ainda engatinhava nas competições profissionais. O rival deste sábado foi fundado em 1911 e conquistou diversos títulos em nível amador, como o Campeonato do Oeste Paulista, em 1915 e a taça da 11ª Região do Campeonato Amador, em 1944.

Em nível federado, o Jaboticabal foi campeão da Série A3 em 1990 e em 1989 e 1996 venceu a atual Segunda Divisão do Paulista (4º nível do futebol em São Paulo). O time ainda tem um vice-campeão da Série A2, registrado em 1956. Apesar dos feitos, nunca disputou a elite paulista. Esteve na Série A2 pela última vez em 1993. Entre 1997 e 2005 jogou a Série A3 e em 2012 disputou pela última vez uma competição da Federação, a Bezinha.

Entre 1982 e 1985, Jaboticabal e Mogi Mirim jogaram a mesma divisão em São Paulo. Os times estavam na chamada Intermediária (atual Série A2). Em 1985, ano em que o Sapão ficou com a taça da competição e garantiu o acesso inédito até então para a elite estadual, o Jotão foi o lanterna da sua chave e não avançou para a segunda fase. No seu grupo, estavam o Novorizontino, que subiria de divisão com o Sapo após o quadrangular final e equipes como Sertãozinho e Linense, que disputaram recentemente a Série A1 do Paulista. A chave também contava com o Garça, que também integra o Grupo 2 da São Paulo Cup em 2019.

Post Author: Lucas Valério

Avatar