Clube Mogiano no ‘Top 5’ do handebol nacional

O handebol do Clube Mogiano/Sejel terminou na quinta posição no Campeonato Brasileiro Infantil da modalidade. A definição ocorreu neste domingo, dia 23 de junho, na Arena Multiuso Estener Sorato, em Tubarão (SC). A equipe mogimiriana fez 26 a 16 sobre o Palma Sola-SC e assegurou a quinta posição.

Na fase eliminatória, o Clube Mogiano também venceu o C.E. Helena Fialho-PA por 49 a 11. Na fase de grupos, o Recanto terminou na terceira posição da chave A. O time treinado por Bruno Camargo perdeu por 21 a 20 para o Pinheiros-SP. Na segunda rodada, fez 23 a 16 sobre o Mãe Divida Providência e, na terceira rodada, perdeu por 19 a 14 para o Clube Português-PE.

Com a campanha em Tubarão, o Recanto se manteve entre as cinco melhores equipes do país na categoria infantil pelo segundo ano seguido. Em 2018, o Clube Mogiano foi o campeão da categoria. Após a participação no nacional, o Recanto volta às atenções aos campeonatos estaduais.

Seguindo a tabela publicada pelo site da Federação Paulista de Handebol (FPHand), o retorno mogimiriano ao Super Paulistão será na sexta-feira, dia 28 de junho. A partir das 17h30, o infantil feminino encara a MESC/Abaco. A rival será também o desafio, a partir das 19h00, da cadete. Os jogos serão no recém-reinaugurado ginásio do clube, em Mogi Mirim.

Já no Campeonato da Lhesp (Liga de Handebol do Estado de São Paulo), o time infantil feminino volta às quadras no domingo, dia 30 de junho. A partir das 9h00, a equipe tem compromisso diante de Valinhos, no ginásio do Pavilhão Industrial da Festa do Figo, em Valinhos. Já o cadete feminino, que também encara as donas da casa, joga às 11h30.

As equipes de handebol do Clube Mogiano é patrocinado pelo Colégio Educar, Unimed Baixa Mogiana, Boteco Vô Jaca, Mundo Verde – Mogi Mirim, Del Bianchi/Trio/Pureza Vital Nestlé, Regente Odontologia, Mojica Pizza e Restaurante, Macena Flores – Holambra, Nutricionista Imyra Avanzi e Fisioterapia Tiago Cardoso e tem apoio, além do Clube Mogiano e da Prefeitura através da Sejel, da Comissão de Pais do Handebol.