Esportiva inicia luta por vaga na 3ª fase do Paulista

Compartilha!!!

Uma nova fase começa neste sábado, dia 6 de julho, para a Sociedade Esportiva Itapirense na Segunda Divisão do Campeonato Paulista. A Vermelhinha avançou para a segunda fase após terminar em terceiro lugar no Grupo 3. Agora, brigará por uma das duas vagas na próxima etapa ao lado de Fernandópolis, Catanduva e VOCEM.

A tabela e algumas diretrizes deste novo momento da competição foram conhecidas na segunda-feira, dia 1º de julho, em congresso técnico promovido na sede da Federação Paulista. Os 24 clubes enviaram representantes e as equipes foram informadas de que, a partir desta fase, as novas regras aprovadas pela FIFA entram em vigor. A punição com cartões para treinadores e a permissão de jogadores de linha de receber cobranças de tiro de meta dentro da própria área estão entre as novidades.

Esportiva – Calendário de jogos na Segunda Divisão de 2019

Em campo, a Esportiva conheceu a agenda que definirá a ida ou não para a terceira fase. A estreia ocorre neste sábado, dia 6 de julho, a partir das 15h00, diante do Catanduva, no estádio Chico Vieira. No domingo, dia 14 de julho, será a vez de encarar o Fernandópolis, às 10h00, na casa do rival. O retorno a Itapira será no sábado, 20 de julho, com o duelo diante do VOCEM, às 15h00. No domingo, dia 28, cai na estrada mais uma vez e enfrenta o VOCEM, em Assis, a partir das 10h00, na abertura do returno. No dia 3 de agosto será a vez de jogar em casa, às 15h00, contra o Fernandópolis e a despedida desta fase será no domingo, dia 11 de agosto, às 10h00, contra o Catanduva, na casa do rival.

REGULAMENTO

A segunda fase conta com seis grupos com quatro agremiações em cada. Os dois melhores avançam sumariamente. Os quatro melhores terceiros colocados, independente das chaves, também passam para a terceira fase. No ano passado, a Esportiva caiu exatamente na segunda fase, quando ficou para trás em um grupo que contou com Comercial de Ribeirão Preto, Paulista de Jundiaí e Bandeirante de Birigui.

Os clubes serão escalonados conforme a campanha na segunda fase, independente das chaves e, assim, serão formados os quatro grupos da terceira etapa classificatória da Bezinha. Dos quatro grupos com quatro equipes em cada, dois avançam para as quartas de final. Na sequência, as semifinais definirão não apenas os finalistas, como também os dois times que garantem o acesso para a Série A3 do Campeonato Paulista de 2020.

REFORÇOS

As 24 equipes classificadas para a segunda fase tiveram a oportunidade, prevista desde o início da competição, de substituir deliberadamente quatro nomes da sua lista principal de atletas. A Esportiva executou as quatro alterações e confirmou quatro reforços para a sequência da competição. O meia João Pedro, os atacantes Bruno Bezerra e Pedro Café e o centroavante Maranhão foram inscritos pela agremiação dentro do prazo estipulado pela Federação para as mudanças na listagem. Gabriel Luiz, Natan, Wendel e o itapirense Robinho foram cortados da relação.

Entre as novas caras, Pedro Café é o mais jovem. Com apenas 18 anos, assinou contrato definitivo com a Vermelhinha até  17 de junho de 2022. O jogador que estava no Grêmio Prudente, é tratado como uma aposta do clube para atuar pelas beiradas do campo e definido como habilidoso e dono de muita qualidade. Foi garimpado durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Guilherme da Silva Barbosa, mais conhecido como Maranhão, estava no Real Ariquemes-RO, onde foi comandado por Luís dos Reis, atual técnico do Coelho. Com passagens também por Rondoniense-RO, Primavera-SP e Sampaio Corrêa-MA, o jogador de 23 anos firmou contrato até 5 de novembro deste ano.

O meia-atacante João Pedro também acertou vínculo até o dia 5 de novembro de 2019. Ele chega à Vermelhinha após passagem pelo Rio Preto. Aos 21 anos, terá a missão de integrar uma posição de armação e municiar as peças da ataque da equipe. Entre elas está Bruno Bezerra, que já havia sido confirmado pela Esportiva e divulgado pelo Grande Jogada. Pedro Café teve o nome publicado no BID na quarta-feira, dia 3 de julho. No dia seguinte, os outros três reforços tiveram as situações regularizadas junto à CBF e a Federação Paulista e estão liberados para integrar o grupo que irá para o jogo diante do Catanduva.

CONHEÇA OS RIVAIS DA ESPORTIVA NA 2ª FASE DO PAULISTA

FERNANDÓPOLIS

O Fefecê é dono de uma das melhores campanhas da primeira fase. Com 25 pontos, o Águia viveu uma polêmica nos últimos dias, com a denúncia por parte de alguns jogadores de que o presidente Oclécio de Almeida Dutra havia os ameaçado com arma de fogo. O dirigente negou e depois anunciou que renunciaria ao cargo, dissolvendo a diretoria e deixando o clube sem um quadro estatutário, o que acarretaria na saída no meio do campeonato. Um dia depois, voltou atrás e o clube segue na briga pelo acesso à Série A3. Fundado no dia 15 de novembro de 1961, inicialmente sob o nome de Associação Bancária de Esportes, a equipe tem o azul e branco como cores predominantes. A equipe manda seus jogos no estádio Cláudio Rodante e Fernandópolis está a cerca de 470 quilômetros de distância de Itapira.

Fernandópolis – Calendário de jogos na Segunda Divisão de 2019

CATANDUVA

O Catanduva tem campanha semelhante à da Esportiva Itapirense e terminou a primeira fase com 20 pontos em 36 disputados. O Catanduva Futebol Clube foi fundado há menos de dois anos, em 16 de novembro de 2017. O clube iniciou as suas atividades profissionais na Segunda Divisão do ano passado, quando ficou com a 30ª posição geral. A agremiação foi fundada a partir de um projeto idealizado pelo padre Osvaldo de Oliveira Rosa, responsável pela Escolinha de Futebol “Padre Osvaldo”. Fundado em 2010, o projeto social acolhe cerca de 300 garotos. Mesmo com a criação do Mingo, apelido alusivo ao padroeiro da cidade, São Domingos, Catanduva permaneceu com dois clubes e o Grêmio Catanduvense também disputa a Segunda Divisão. Vale ressaltar que o município já teve no futebol profissional o Catanduva Esporte Clube e o Grêmio Esportivo Catanduvense, que herdou a vaga do CEC, que faliu em 1968. Na década de 1990 foi fundado um novo Catanduva Esporte Clube, que atuou apenas um ano no profissionalismo e logo em seguido fechou as portas. Entre 1999 e 2001, surgiu o Clube Atlético Catanduvense, que jogou três temporadas na quinta divisão até abandonar o torneio e encerrar as atividades, sendo sucedido pelo Grêmio, atual rival do Catanduva. O clube manda seus jogos no estádio Sílvio Salles e a distância entre as cidades é de cerca de 300 quilômetros.

Catanduva – Calendário de jogos na Segunda Divisão de 2019

VOCEM

O Vocem é um dos clubes que jogaram no Grupo 4, o único com seis agremiações, ao contrários das sete equipes das outras chaves. Em 10 rodadas, somou três vitórias e, com 13 pontos, terminou na quarta posição. O Vila Operária Clube Esporte Mariano foi fundado em 21 de julho de 1954 e suas cores são bordô e branco. A relação com a igreja em seus primeiros passos é total. O Padre Aloísio Bellini decidiu fundar um time à época em que era pároco da tradicional Vila Operária. O clérigo encontrou na modalidade uma forma de instigar os jovens da época a seguir os caminhos da igreja. O branco e o bordô foram escolhidos como cores oficiais por representarem o pão e o vinho. Já o distintivo ganhou inscrições em latim com as frases “Audite Vocem Domini” e “Non ducor duco”, que significam respectivamente “Ouviste a voz do Senhor” e “Não sou conduzido, conduzo”. O Esquadrão da Fé tem 25 participações nos campeonatos organizados pela Federação Paulista de Futebol. Sua melhor campanha foi no estadual de 1984, quando chegou ao quadrangular final da divisão de acesso, mas terminou eliminado. Esportiva e Vocem jamais se encontraram em partidas profissionais. O Esquadrão da Fé manda seus jogos no estádio Antônio Viana da Silva e a distância entre Assis e Itapira é de que cerca de 450 quilômetros.

Vocem – Calendário de jogos na Segunda Divisão de 2019

Post Author: Lucas Valério

Avatar